A Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) continua ativa próxima à costa Norte do Brasil e ainda vai influenciar o tempo na Região durante todo o feriado prolongado de Corpus Christi. Os volumes de chuva em parte da Região Norte deverão ficar entre os maiores do país.

Contraste de umidade 

O contraste de umidade sobre a Região Norte ainda será bem perceptível esta semana, com a chuva concentrada sobre o extremo norte e ar seco influenciando as áreas mais ao sul.

O ar quente e úmido e a presença da ZCIT ajudam a formar nuvens carregadas sobre os estados de Roraima, Amapá, norte do Pará e do Amazonas. As pancadas de chuva serão frequentes no feriadão, com risco de novos temporais e grandes acumulados de chuva. Há risco de chuva forte nas capitais Belém (PA), Macapá (AP), Boa Vista (RR) eManaus (AM). 

Enquanto isso, os estados do Acre, Rondônia e o Tocantins, além de todo o sul do Pará, vão continuar sob a influencia do ar seco e quente. Por isso, a chance de chuva forte é bem menor e os dias de todo o feriado serão marcados por sol forte, baixa umidade do ar, muito calor e poucas pancadas de chuva.

O Tocantins é o estado com menor probabilidade de chuva durante o feriado prolongado de Corpus Christi.


 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *