Há anos a preferencia oficial do setor elétrico foi a de construir térmicas em vez de reservatórios para mitigar os riscos hidrológicos. Assim, nossas “represas” são cada vez mais “térmicas”.

O resultado é grandes oscilações de preços de energia elétrica.

Nesta semana o Operador Nacional do Sistema divulgou que o Custo Marginal de Operação (uma referência de curto prazo) está em R$ 630/MWh – cerca de 4 vezes o Custo Marginal da Expansão, que é aquele originado de usinas novas a partir de fontes renováveis (água, sol, vento) a serem construídas.

Reservatórios das hidrelétricas baixos e a La Nina apontando para uma época de seca prolongada (especialmente no Sul do pais) mostram nossa fragilidade competitiva. Uma situação posta que está sem trato oficial para mudar como seria tão necessário.

Tempos de preparo para custos altos de energia elétrica.


Energy price volatility in Brazil

For years, the official preference of the electricity sector has been to build thermal plants instead of reservoirs to mitigate hydrological risks. Thus, our “dams” are increasingly “thermal”.

The result is large fluctuations in electricity prices.

This week the National System Operator announced that the Marginal Cost of Operation (a short-term reference) is USD 120/MWh – about 4 times the Marginal Cost of Expansion, which is that originated from power plants out of renewable sources (water, sun, wind) to be built.

Water reservoirs that feed hydro power plants are very low and the La Nina pointing to a prolonged dry season (especially in the south of the country) show our competitive fragility. A posed situation that is without official treatment to change as it would be so necessary.

Times to prepare your company for higher electricity costs.


 

Compartilhe:
Rafael Herzberg
Rafael Herzberg é consultor independente para assuntos de energia por mais de 30 anos. Premiado no Brasil e Estados Unidos por cases de eficiência energética, geração on-site e projetos to-the-fence. Palestrante no Brasil e Estados Unidos em eventos de energia. Presta consultoria para clientes consumidores de energia (indústria, comércio e instituições), ofertantes de soluções em energia, concessionárias e comercializadores de energia além de ser convidado para atuar em casos de arbitragem de contratos de energia.
http://pontoon-e.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *