Francês se torna o primeiro piloto a ter dois títulos do campeonato de carros elétricos, ao chegar na nona posição em Nova York.

A vitória da última corrida foi de Robin Frijns

Jean-Eric Vergne é o primeiro bicampeão da história da Fórmula E. O francês conseguiu a sétima posição na prova final de Nova York e se aproveitou que seus principais concorrentes não conseguiram brigar pela vitória na “Big Apple”. A vitória da corrida acabou ficando para Robin Frijns, com Alexander Sims e Sebastien Buemi ocupando os outros dois lugares do pódio.

Lucas di Grassi tentava avançar durante a prova e ocupava o sétimo posto até a última volta, quando se envolveu em um acidente com Mitch Evans, naufragando todas as possibilidades do brasileiro. Felipe Massa acabou em 17º. Após os resultados, Vergne foi o campeão, com 136 pontos, com Buemi em segundo com 119, e di Grassi em terceiro, com 108. A Techeetah também garantiu o título de equipes.

AUDI FAZ BONITO

Audi Sport encerra quinta temporada com vice-campeonato de construtores

Pilotos Di Grassi e Abt estão confirmados para sexta temporada da competição

Os pilotos Lucas Di Grassi e Daniel Abt, da equipe Audi Sport ABT Schaeffler, encerraram a quinta temporada da Fórmula E com o vice-campeonato da competição de construtores. A última corrida foi vencida por Robin Frijns no Audi e-tron FE05 pela equipe de clientes Envision Virgin Racing, conquistando o terceiro lugar na classificação das equipes. Entre os pilotos, Lucas Di Grassi terminou com a terceira colocação.

Em 13 etapas disputadas nos cinco continentes, nove diferentes pilotos venceram corridas com duas vitórias da equipe Audi, conquistadas pelo brasileiro nas etapas do México e Alemanha. O equilíbrio permaneceu até a última corrida quando quatro pilotos e três equipes disputaram o título conquistado pelo francês Jean-Eric Vergné. Como no sprint final do ano passado, a equipe Audi Sport ABT Schaeffler quase conseguiu conquistar o título no último final de semana de corrida. Daniel Abt e Lucas di Grassi ficaram apenas dezenove pontos atrás do líder.

“Toda a equipe lutou até o fim e deu o máximo”, disse o diretor da equipe, Allan McNish. “Chegamos incrivelmente próximos. Como no ano passado, tiramos muitos pontos da DS Techeetah no final, mas desta vez não foi o suficiente para conquistar o título. Ainda assim, estou orgulhoso. Eles trabalharam duro e com muita energia nesta temporada. Nós vamos levar essa determinação para a sexta temporada. Já estamos ansiosos para a primeira corrida em novembro”, afirmou McNish.

Com cinco vitórias, o Audi e-tron FE05 é o carro de corrida de Fórmula E de maior sucesso da temporada. Dez pódios, uma pole position e oito pontos adicionais para a volta mais rápida da corrida foram alcançados pelo e-tron FE05, com o seu eficiente sistema de transmissão como a sua maior força

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *