O famoso corredor lança linha de patinetes elétricos e carro com bateria removível

Aluguel dos patinetes compartilhados custa US$ 0.15 por minuto, e também funciona por um aplicativo de celular

Usain Bolt, o homem mais rápido do mundo, revelou na semana passada, 16/5, que está ingressando no mercado da mobilidade urbana. O atleta lançou uma rede de patinetes elétricos compartilhados chamada Bolt Mobility, além do B Nano, um carro elétrico com bateria removível. O anúncio aconteceu durante o evento VivaTech, em Paris, na França.

Os patinetes chegam em três modelos: Bolt Mobility, Bolt One e Bolt Chariot, todos projetados para terem as peças facilmente recicladas e removidas, porém com muita durabilidade. O Chariot, que foi exibido durante a feira, vem ainda com uma bateria removível, o que dispensa a necessidade da empresa do atleta recolher os aparelhos como um todo, uma vez que só a bateria precisa ser levada até uma central de controle e manutenção.

De acordo com Bolt, por serem mais resistentes, os veículos podem ser usados por até dois anos, enquanto que os concorrentes apresentam defeitos, na maioria das vezes irreparáveis, em apenas seis meses. O velocista ainda disse que o aluguel de patientes compartilhados estava em testes em algumas cidades americanas e agora está disponível em Paris. Nos Estados Unidos, o preço sai a partir de US$ 1 para desbloquear e mais US$ 0.15 por minuto – tudo por meio de um aplicativo para celular.

O plano de Bolt é expandir o negócio dos patinetes para 20 cidades europeias até 2020.

B Nano

Outro anúncio feito por Usain Bolt é o B Nano, o primeiro carro compacto e elétrico da empresa com uma bateria que pode ser removida. O pequeno automóvel foi projetado para curtas distâncias – algo entre 3 km e 24 km -, e comporta até duas pessoas, sendo uma o motorista e a outra o passageiro, que fica na parte de trás. O modelo é tão compacto que, segundo Bolt, é possível alinhar até quatro Nanos em uma única vaga voltada para um carro convencional.

Não foram divulgadas informações sobre quando o B Nano está à venda no mercado.
Fonte: PC World
Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *