O setor elétrico brasileiro está no pior dos mundos: tarifas concedidas pela ANEEL bem acima da paridade competitiva (BRICS) e mesmo assim uma boa parte das empresas de energia elétrica, controladas pelo Estado brasileiro estão em péssima situação econômica-financeira.

A unica saída viável é dar uma virada de mesa nestas empresas. Enxugar em regra seus custos, focar apenas em sua atividade principal (desfazendo-se das múltiplas unidades de outros negócios, subjacentes), eliminar nomeações por partidos e/ou apadrinhados, designar executivos com experiencia comprovada de sucesso no seu comando e convidar para seu conselho gente com perfil de carreira medida por meritocracia.

Esta receita pode ser alcançada de duas maneiras principais. Privatizando o seu controle ou o Estado tomando a iniciativa de “fazer acontecer”.

Será que esperar que as empresas de energia elétrica controlados pelo Estado sejam administradas com excelência de perfor mance é factível neste ambiente público que temos no Brasil ?


An incontrovertible solution

The Brazilian electricity sector is in the worst of worlds: tariffs granted by ANEEL are well above competitive parity (ref BRICS) and yet a good part of the electric power companies controlled by the Brazilian State are in a bad economic and financial situation.

The only viable way out is to turn around these companies. Reduce operating costs, focus only on the core business (selling other underlying business units), eliminating cronies/appointees sponsored by politicians, selecting executives with proven experience of success and inviting board members with a career profile measured by meritocracy.

This recipe can be achieved in two main ways. Privatization or the State taking the initiative to “make it happen”.

Is it reasonable to expect that the current state-controlled electric power companies to be managed with excellence in this public environment that we have in Brazil ?


 

Compartilhe:
Rafael Herzberg
Rafael Herzberg é consultor independente para assuntos de energia por mais de 30 anos. Premiado no Brasil e Estados Unidos por cases de eficiência energética, geração on-site e projetos to-the-fence. Palestrante no Brasil e Estados Unidos em eventos de energia. Presta consultoria para clientes consumidores de energia (indústria, comércio e instituições), ofertantes de soluções em energia, concessionárias e comercializadores de energia além de ser convidado para atuar em casos de arbitragem de contratos de energia.
http://pontoon-e.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *