Lógico, que uma torneira de um banheiro de uma empresa ou instituição, que fica pingando representa um custo insignificante em relação a qualquer métrica usada pelo mundo corporativo.

Trata-se de algo como um litro e meio por hora para uma medição que eu mesmo fiz em um caso real. Por mês cerca de 1 metro cúbico. Apenas alguns poucos Reais a mais na conta mensal.

Mas o ponto relavante aqui é a atitude. Executivos que buscam a excelência de desempenho das organizações que dirigem, exigem uma postura voltada para a eficiencia. É questão de “drive” e de tom da liderança.

A conta objetiva nunca apontará para a necessidade de reparar a torneira, pois os minutos necessários de um técnico para trocar o reparo da torneira, sempre custarão muito mais caro (com todos encargos associados) do que o desperdício por muitos e muitos meses !

Porém o valor de exigência de parcimonia com todos os insumos é uma sinalização importante em torno de uma gestão eficiente e respeitosa frente ao meio ambiente.

No caso da energia há uma lista de itens que se enquadram neste tipo de “desperdício” e que frequentemente passam embaixo do radar das organizações. É tempo de mudar !


Is a drop important?

Of course, a bathroom faucet from a company or institution that drips down is insignificant compared to any metric used by the corporate world.

It is about a liter and a half an hour for a measurement that I myself have done in a real case. Per month about one cubic meter. Only a couple additional USD in the monthly bill.

But the point here is the attitude. Executives seeking the excellence of performance of the organizations they direct require a posture focused on efficiency. It’s a matter of drive and tone of leadership.

The financial value will never point to the need to repair the faucet, since the minutes needed by a technician to repair it will always cost a lot more than the wasted water for many months!

However, the requirement of parsimony is an important signaling. In the case of electric energy there is a list of items that fall under this type of “waste” and often pass under the radar of organizations. It’s time to change !


 

Compartilhe:
Rafael Herzberg
Rafael Herzberg é consultor independente para assuntos de energia por mais de 30 anos. Premiado no Brasil e Estados Unidos por cases de eficiência energética, geração on-site e projetos to-the-fence. Palestrante no Brasil e Estados Unidos em eventos de energia. Presta consultoria para clientes consumidores de energia (indústria, comércio e instituições), ofertantes de soluções em energia, concessionárias e comercializadores de energia além de ser convidado para atuar em casos de arbitragem de contratos de energia.
http://pontoon-e.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *