Toyota City, Aichi e Kodama City, Osaka, Japan – A Toyota e a Panasonic confirmaram que estão iniciando uma nova joint-venture para fabricar e vender células de bateria para veículos elétricos (“Baterias Prismáticas Automotivas”).

Segudo o vice-presidente executivo da Toyota, Shigeki Terashi:

“Juntamente com a Panasonic, representamos nossas principais tecnologias de veículos eletrificados. Ao contribuir para a popularização da Toyota e de outras montadoras, queremos ajudá-los a enfrentar o aquecimento global, os desafios relacionados ao meio ambiente e os desafios relacionados à energia. É alta a expectativa para a nova empresa, incluindo nossa meta de entregar veículos cada vez melhores aos nossos clientes e nosso papel em cumprir nossos planos para a popularização de veículos eletrificados * (incluindo alcançar as vendas globais anuais de mais de 5,5 milhões de unidades de veículos eletrificados da Toyota) que anunciamos no final de 2017.”  A estratégia da montadora de “veículos eletrificados”considera veículos híbridos e não totalmente elétricos.

O diretor executivo sênior da Panasonic, Masahisa Shibata, comentou o:

“Unir-se com as tecnologias de bateria e engenharia de produção da Toyota oferece uma excelente oportunidade para evoluir nossas baterias prismáticas automotivas, que têm um histórico estabelecido de desempenho e segurança, mais rápido do que nunca. Através da eletrificação de veículos, queremos acelerar nossa contribuição para a realização de uma sociedade de mobilidade que é gentil com o meio ambiente “.

Como principais ponbtos do acordo entre as duas empresas, podemos destacar:

a) A Toyota e a Panasonic estabelecerão uma joint venture (dependendo da aprovação da concorrência nos países e regiões em questão) até o final de 2020.
A proporção de participação acionária na joint venture será de 51% para a Toyota e 49% para a Panasonic.

b) O escopo das operações comerciais da joint venture abrangerá pesquisa, desenvolvimento, engenharia de produção, fabricação, aquisição, recebimento de pedidos e gerenciamento relacionados a baterias de íon-lítio prismáticas automotivas, baterias de estado sólido e baterias de próxima geração.

c) A Toyota transferirá equipamentos e pessoal para a joint venture. A Panasonic transferirá equipamentos, outros ativos, passivos, pessoal e outros itens para a joint venture nas áreas de desenvolvimento, engenharia de produção, manufatura (em fábricas no Japão e em Dalian, China), aquisições, recebimento de pedidos e funções de gerenciamento relacionadas para o negócio de baterias prismáticas automotivas.

d) O número total de empregados envolvidos nas operações da joint venture é de 3.500e serão transferidos a partir do final de dezembro de 2018).

e) A Panasonic poderá comercializar com as outras montadoras, os produtos produzidos pela joint venture.

Atualmente a produção de baterias para veículos elétricos da Panasonic é destinada á Tesla, que só compra células cilíndricas, já as células prismáticas é usado por todas as outras montadoras.

 

Fonte: Toyota, press / Panasonic, press


 

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *