Tanatose é a capacidade do animal de se fingir de morto para afastar predadores.

Embora a tanatose seja um fenômeno observado no reino animal, aqui no Brasil, há anos surgiu a TSE –  Tanatose do Setor Elétrico

  •  Passivos bilionários – inadimplência das  liquidações na CCEE

  • Indicadores oficiais de continuidade (DEC) há anos acima do limite da ANEEL

  • “Gatos” que representam uma parte significativa da produção de energia do país

  •  Programa de resposta á demanda parado por inviabilidades operacionais

  • Custo da energia brasileira bem acima dos concorrentes (BRICS)

  • Empresas de energia controladas pelo poder público em situação calamitosa

Trata-se de uma “epidemia” pois praticamente todos os órgãos públicos envolvendo o executivo, legislativo e judiciário estão “contaminados”.

O grande desafio é o fato de não haver percepção e mesmo motivação dos “contaminados” em descobrir uma “vacina”, que tornasse viável a tão necessária “cura”.

Será que o nosso setor elétrico (ainda) está vivo, mesmo depois de anos de passar como morto?


Thanatosis of the electric sector (Brazil)

Thanatosis is the animal’s ability to pretend to be dead to ward off predators.

Although thanatosis is a phenomenon observed in the animal kingdom, here in Brazil, for several years we face TES – Thanatosis of the Electric Sector

  • Huge liabilities – default on power settlements

  • Continuity indicators (unplanned interruptions) well above the regulator’s  limit

  • Power deft that represents a significant part of the country’s energy production

  • Demand response program halted by operational infeasibilities

  • Cost of the Brazilian energy well above competitors (BRICS)

  • Power companies controlled by the government in a very weak economic situation

This is an “epidemic” because virtually all public agencies in the electricity sector, involving the executive, legislative and judiciary, are “contaminated”.

The great challenge from the energy users perspective: there is no perception and even motivation to discover a “vaccine” that would render viable the much needed “cure”.

Is our electric sector (still) alive, even after years of being actually dead?


 

Compartilhe:
Rafael Herzberg
Rafael Herzberg é consultor independente para assuntos de energia por mais de 30 anos. Premiado no Brasil e Estados Unidos por cases de eficiência energética, geração on-site e projetos to-the-fence. Palestrante no Brasil e Estados Unidos em eventos de energia. Presta consultoria para clientes consumidores de energia (indústria, comércio e instituições), ofertantes de soluções em energia, concessionárias e comercializadores de energia além de ser convidado para atuar em casos de arbitragem de contratos de energia.
http://pontoon-e.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *