A S&P Global Ratings reafirmou os ratings ‘BB-’ na escala global e ‘brAAA’ na Escala Nacional Brasil atribuídos à Energisa e às suas subsidiárias, Energisa Paraíba e Energisa Sergipe, ambos permanecendo com perspectiva estável. O perfil de crédito individual (SACP) ‘bb+’ da empresa também permaneceu inalterado.
O SACP ‘bb+’ é fundamentado na opinião da S&P de que a Energisa terá uma melhora gradual na geração de fluxo de caixa nos próximos trimestres, especialmente em razão das revisões tarifárias favoráveis para suas distribuidoras. Essa melhor geração de caixa resulta dos expressivos investimentos que o grupo empreendeu em suas áreas de concessão, buscando melhorar sua eficiência operacional geral. A expectativa é de que a empresa registre um índice de dívida sobre EBITDA abaixo de 2,5x e FFO sobre dívida acima de 25% nos próximos anos.
Ainda que o SACP do grupo permaneça inalterado, os ratings nacionais limitam os ratings de crédito corporativos da Energisa e de suas subsidiárias. Para a agência, o setor elétrico nacional é altamente regulado, sobretudo os segmentos de distribuição e transmissão, uma vez que a Aneel estabelece as tarifas de cada empresa do segmento. Assim, a S&P acredita que a empresa, bem como outras concessionárias de serviço de utilidade pública reguladas no país, possa estar sujeita à intervenção do governo em um cenário de default soberano.


 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *