Contratação de energia, uso eficiente, arbitragem de custos entre fontes, geração distribuída e controle e gerenciamento são algumas das atividades que determinam a competitividade dos  custos de energia de uma empresa ou instituição.

São temas que envolvem complexidade então como tomar decisões de boa qualidade? Minha experiência é a simplicidade: (a) focar no que é importante e (b) ter clareza sobre os principais temas:

  1. Quais as oportunidades?

  2. Que “condições de contorno” estão envolvidas?

  3. Quem deve decidir?

  4. O que escolher: soluções “estruturadas” ou “detalhadas”?

  5. Como medir e controlar resultados?

Se você tem respostas bem embasadas para estas 5 questões, parabéns. Você faz parte de um seleto grupo que montou um processo decisório poderoso. Do contrário é tempo de buscar conhecimento e experiência para “chegar lá”!


Simplicity is the key to excellence

Power procurement, efficient energy use, cost arbitrage among energy sources, distributed generation and control and management are some of the activities that determine the competitiveness of energy costs of a company or institution.

These issues involve complexity. How to make good quality decisions? My experience is (a) focus on what is important and (b) be clear about the key issues:
What are the opportunities?

  1. What “boundary conditions” are involved?

  2. Who should decide?

  3. What to choose: “structured” or “detailed” solutions?

  4. How to measure and control results?

If you have solid answers for these 5 questions, congratulations. You are part of a select group that has put together a powerful decision-making process. Otherwise it is high time to seek knowledge and experience to “get there”!

Compartilhe:
Rafael Herzberg
Rafael Herzberg é consultor independente para assuntos de energia por mais de 30 anos. Premiado no Brasil e Estados Unidos por cases de eficiência energética, geração on-site e projetos to-the-fence. Palestrante no Brasil e Estados Unidos em eventos de energia. Presta consultoria para clientes consumidores de energia (indústria, comércio e instituições), ofertantes de soluções em energia, concessionárias e comercializadores de energia além de ser convidado para atuar em casos de arbitragem de contratos de energia.
http://pontoon-e.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *