Grandes áreas de instabilidade associadas ao padrão de circulação de vento entre a superfície e a média atmosfera e reforçadas pelo fluxo contínuo de ar quente e úmido tropical se espalham pelo interior do Nordeste a partir da segunda-feira (12). As nuvens carregadas ficam concentradas entre o centro-sul e o oeste da BA, no sul do MA e do PI e há risco de temporais, com grandes volumes de chuva acumulada.

Apenas a faixa entre o sertão de SE e o interior do RN é que ainda deve ter sol forte e tempo firme. Na terça e na quarta-feira, a proximidade da Zona de Convergência Intertropical aumenta a instabilidade e as condições para chuva forte e volumosa também no CE, no centro-norte do MA e do PI, inclusive nas capitais.

Na BA, o tempo ainda fica instável e são esperadas pancadas de chuva, acompanhada de raios inclusive na Grande Salvador. A partir de quinta as instabilidades perdem força e a tendência é de dias de sol e temperatura em elevação para a maior parte da Região, apenas com pancadas isoladas de chuva. O mapa em destaque mostra a tendência de chuva para os próximos 5 dias.

chuvap1_ne

 

Fortaleza com mais temporais

Durante o fim de semana, nuvens carregadas passaram pelo litoral do Ceará e provocaram chuva intensa na cidade de Fortaleza. Já durante a madrugada e manhã de sábado, a capital cearense recebeu cerca de 79 mm de chuva acumulada de acordo com os dados da estação convencional do INMET.

No domingo, uma outra pequena área de chuva intensa passou pela cidade e provocou um temporal, com cerca de 42 mm de chuva acumulada em apenas 1h, entre 05h e 06h. Até meados desta semana, as nuvens carregadas ainda devem se formar com facilidade em todo o litoral do Ceara e a expectativa é de mais pancadas de chuva, com risco para novos temporais na capital.


 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *