Ontem, 07/08/2018, a presidência do Senado anunciou que o PLC 77/2018, que dentre outras coisas, buscava destravar a inadimplência dos geradores hídricos na Câmara de Comercialização de Energia – CCEE – não obteve o número de assinaturas suficientes para tramitar em regime de urgência.
Com isso, o projeto segue a tramitação ordinária e deverá passar pela avaliação de três comissões antes de ir ao plenário para votação. O governo ainda tentará reverter o jogo, mas aliados comentam que não há clima para votação, antes das eleições, de projetos de lei  que não versem sobre temais mais urgentes para a sociedade tais como saúde e educação.
O setor elétrico teme que o assunto não seja resolvido ainda esse ano, o que demandará esforço adicional para apresentar e defender o assunto junto aos novos ocupantes do executivo e legislativo.
Enquanto isso, a CCEE informou que a inadimplência apurada na liquidação do mercado de curto prazo cresceu e já atinge R$ 8,2 bilhões. A estimativa é que, se não resolvido o imbróglio do GSF, a inadimplência poderá ultrapassar R$ 13 bilhões até o fim do ano.
Compartilhe:
Ana Amélia de Conti Gomes
Ana Amélia de Conti Gomes é economista, formada na Universidade Federal de Minas Gerais, e mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina. Possui MBA pela Fundação Dom Cabral e post-MBA concedido pelas instituições americanas: University of the North Carolina e Northwestern University Kellog School of Management. Trabalhou por 10 anos na Companhia Energética de Minas Gerais – CEMIG, na área de planejamento econômico-financeiro. Além de finanças, na AES SUL e ENRON/SCGAS liderou a área de tarifas de energia elétrica e gás natural, respectivamente. Mais tarde, na DUKE ENERGY, somou experiências de liderança em várias áreas tais como desenvolvimento de negócios, regulação setorial, comunicação, sustentabilidade e relações governamentais, chegando a liderar a equipe de relações institucionais de toda a América Latina. Atualmente, é sócia e diretora executiva da Comercializa Energia Ltda.
http://www.comercializaenergia.com.br