Resumo do Dia

Conforme o esperado,  a BBCE encerrou o “pregão” desta sexta-feira (28/09) com forte queda e razoável volume de negócios, que totalizou 475,0 MW médios (596,4 MW médios no dia 27/09). O Índice Pontoon-e de Energia, composto pelos oito contratos acompanhados pela Pontoon-e na BBCE recuou -5,3% (média ponderada), refletindo a queda dos contratos de Nov/18 (+7,1%), 4º Tri/18 (-7,0%), Dez/18 (-3,8%) e Out/18 (-3,6%). Diferentemente do observado ao longo dos últimos “pregões”, o contrato de Nov/18 foi o mais negociado do dia com 225,4 MW médios, respondendo por 47,5% do volume total.

A queda desta sexta-feira não surpreende, pois ocorre após forte elevação dos preços (+32% entre os dias 17/09 e 27/09) e pela total ausência de “upside”, uma vez que os atuais preços já refletem a atual conjuntura energética. A recente redução do CMO (Custo Marginal de Operação), que passou de R$428,06/MWh para R$387,03/MWh, e a consequente redução do PLD para a 1ª semana (de R$441,87/MWh para R$386,47/MWh, queda de 13%), também contribuíram para a reversão na expectativa dos agentes. Neste sentido, acreditamos que o mercado deverá iniciar a semana do dia 01 a 05 de outubro com viés de baixa.

Pontoon-e | Variação do Índice Pontoon-e de Energia (Var. %)  
 
Fonte: Pontoon-e e BBCE

Pontoon-e | Evolução do Índice Pontoon-e de Energia (Pts.)  
 
Fonte: Pontoon-e e BBCE

Após o bom volume observado nos últimos dois dias, o volume de negócios voltou a recuar nesta sexta-feita totalizando 475,0 MW médios (596,4 MW médios no dia anterior). Este valor é inferior à média dos últimos cinco dias (588,4MW médios), como também em relação à média do mês de setembro (622,5 MW médios). A liquidez continua concentrada em apenas três contratos (Out/18, Nov/18 e Dez/18), que juntos responderam por 99,6% do volume total dos oito contratos acompanhados pela Pontoon-e na BBCE neste dia 28/09.

Pontoon-e | Volume Negociado na BBCE dos Oito Contratos (MW Médios)
Fonte: Pontoon-e e BBCE

Dos oitos contratos negociados na BBCE e acompanhados pela Pontoon-e referentes ao submercado SE/CO (Set/18, Out/18, Nov/18, Dez/18, 4º Tri/18, 1º Tri/19, 2º Tri/19 e 1º Sem/19) quatro contratos não registraram negócios nesta sexta-feira (Set/18, 1º Tri/19, 2º Tri/19 e 1º Sem/19).

Em um dia marcado por forte realização de lucros, os contratos que registraram as maiores quedas foram Nov/18 (+7,1%), 4º Tri/18 (-7,0%), Dez/18 (-3,8%) e Out/18 (-3,6%), que encerraram o dia cotados a R$262/MWh (-R$20/MWh), R$265MWh (-R$20MWh)R$203MWh (-R$8MWh) e R$337/MWh (-R$13/MWh).

BBCE | Preço dos Contratos de Energia SE/CO (R$/MWh) 
Fonte: Pontoon-e e BBCE

História do Dia

A CCEE (Câmara de Comercialização de Energia Elétrica) publicou nesta sexta-feira (28/09) o PLD para a 1ª semana operativa de outubro. O PLD médio, válido para o período entre 29 e 05 de outubro, foi fixado em R$386,47/MWh em todos os submercados, revelando queda de 13% em relação ao PLD médio da semana anterior (R$441,87/MWh).

Razão para a queda do PLD | Vale destacar que a atualização da Função de Custo Futuro (FCF) foi o principal fator que impactou na redução do CMO em todos os subsistemas do SIN (-R$170/MWh) e a consequente redução do PLD.

CCEE | PLD da 1ª Semana Operativa: 29 a 05 de Outubro (R$/MWh)Fonte: CCEE

Vai Chover?

A análise dos mapas de previsão de precipitação para o período de 29 a 08 de outubro efetuados pelo Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos / Instituto Nacional de Pesquisas Espacias (INPE/CPTEC) e previstas a partir do modelo de previsão ETA para os próximos 10 dias indicam para as bacias hidrográficas da região Sul voltam a apresentar chuva fraca com períodos de moderada na bacia do rio Jacuí, e fraca nas demais bacias hidrográficas devido ao avanço de uma frente fria. Esse sistema se desloca pelo litoral da região Sudeste e ocasiona chuva fraca nas bacias dos rios Tietê e em pontos isolados do Grande e Paranaíba.

Em comparação com os valores estimados para a semana em curso, prevê-se para a próxima semana operativa, recessão nas afluências dos subsistemas Sudeste e Sul e leve aumento/estabilidade nas afluências dos subsistemas Nordeste e Norte.

A previsão mensal para outubro indica a ocorrência de afluências abaixo da média histórica para todos os subsistemas.

Mapa de Chuva: GEFS & INPE / CPTEC (29 a 08 de Outubro)

Energia Natural Afluente (ENA) | A ENA esperada pelo ONS para a 1ª semana operativa aponta para uma queda expressiva na afluência no submercados SE (de 92% para 74%), S (de 88% para 50%) e NE (de 38% para 36%). Já para o submercado N o ONS estima ligeiro aumento da na ENA na 1ª semana: N (de 64% para 65%). A previsão para o mês de outubro continua de afluência recessiva na totalidade dos submercados, com a ENA muito abaixo da MLT (Média de Longo Termo): SE (78%), S (64%), NE (43%) e N (69%).

PMO (Outubro – 29 a 05/10) | Energia Natural Afluente (%MLT)  
 Fonte: ONS

Liquidez BBCE

Ao longo da última semana observamos uma maior concentração da liquidez nos contratos mais curtos (M+1, M+2 e M+3), ou seja Out/18, Nov/18 e Dez/18, em detrimento dos contratos mais longos, ou seja, para 2019 (1º Tri/19, 2º Tri/19 e 1º Sem/19) e o “pregão” desta sexta-feira não foi muito diferente.

As atenções do mercado continuam direcionadas para os contratos de Out/18, Nov/18 e Dez/18 que juntos representam mais de 90% (99,6% para sermos mais precisos). Os contratos para 2019 já registram alguma liquidez, principalmente os contratos referentes ao 1º Tri/19 e 1º Sem/19, porém ainda muito restrita.

Os dois contratos mais negociados do dia, Nov/18 e Out/18, que contabilizaram volume de 225,4 MW médios (184,1 MW médios no dia anterior) e 135,8 MW médios (378,8 MW médios) respectivamente, tambérm encerraram o dia no campo negativo. O destaque positivo do dia foi o contrato do 4º Tri/18, que após um longo período sem ser negociado voltou a atrair a atenção dos “players”. Nesta sexta-feira este contrato negociou 2,0 MW médios, o suficiente para corrigir a defasagem no preço.

BBCE | Volume Transacionado no dia 28/09 (MW Médios)
Fonte: Pontoon-e e BBCE

Preços, Assimetrias & Trades

Backdrop | A proximidade do período úmido, combinado  com a forte recuperação dos preços, +32% entre os dias 17 e 27/09, são os elementos que faltavam para mais uma alteração no viés do mercado, que passou de alta para baixa. Esta nova alteração de viés eleva o nível de aversão ao risco por parte dos agentes, o que pode resultar em movimentos mais agudos de ajuste de portfólio, conforme observamos na primeira metade do mês de setembro, quando os preços recuaram em médio 40%.

Neste momento não vemos opções de “long” (compra) no mercado, uma vez que os contratos acompanhados pela Pontoon-e na BBCE já estão bem precificados.

Fique de Olho | Os contratos para o 2º Tri/19 e 1º Sem/19 estão cotados na BBCE (última cotação) a R$181/MWh (2º Tri/19) e R$175/MWh (1º Sem/18). Embora seja cedo para termos uma ideia mais clara quanto ao que esperar da hidrologia em 2019, ao darmos uma olhada no passado recente (5 anos), vemos bom potencial de lucro nestes contratos.

Neste período de cinco anos o PLD médio ficou abaixo destes valores (~R$180/MWh) apenas em um ano (2016), quando a ENA média registrada no submercado sudeste entre julho de 2015 e abril e 2016 foi superior a 104% da MLT e o nível dos reservatórios no sudeste no final de agosto de 2015 era de 34,3%, ou 6,3 p.p. acima do fechamento de agosto de 2018 (28,0%). Em resumo, a relação risco retorno é muito interessante nestes níveis e, portanto, vale a pena ficar de olho. 

Pontoon-e | Cotação BBCE vs. Projeções Pontoon-e (R$/MWh) 
Fonte: Pontoon-e e BBCE

Com exceção dos contratos para entrega de energia em Out/18 e 4º Tri/18, que ainda sinalizam “upside” potencial de R$27/MWh e R$10/MWh, respectivamente, todos os demais contratos estão sendo negociados muito próximos da curva de preços futuros da Pontoon-e publicada no dia 19/09.

Dispersão Preços: Pontoon-e vs. BBCE no dia 28/09 (R$/MWh)Fonte: Pontoon-e e BBCE


 

 

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *