Resumo do Dia

O volume de negócios registrado na BBCE no pregão dessa quinta-feira, 26 de julho, atingiu 180,9 MW médios, entre os oito contratos de energia acompanhados pela Pontoon-e na BBCE, um crescimento de 49% com relação ao volume registrado na quarta-feira. Mais uma vez a liquidez foi concentrada nos produto Set/18, Out/18, e Nov/18, responsáveis por 83% de todo o volume de negócios observados nesta quinta-feira.

A elevada concentração de negócios em contratos Set/18 a Nov/18 corresponde ao cenário de hidrologia mais limitada para o final do 3º Tri e início do 4º Tri, em linha com as perspectivas de chuvas para os próximos meses sinalizadas na última revisão do PMO-ONS da sexta-feira, 20/07. A chuva fraca das últimas semanas – semelhante à esperada para essa semana e para a seguinte – resulta em afluências abaixo da média histórica para todos os subsistemas, e tem sido o fator de maior impacto na formação de preços e na manutenção do PLD no teto.

Continuamos a observar o deplecionamento dos reservatórios da região sudeste, que na terça-feira, 25/07, atingiu o nível de  35,5%. Desde o início do mês de julho os reservatórios do sudeste recuaram 4,3 p.p., registrando uma média diária de ~0,17 p.p.. Lembramos que esse nível atual dos reservatórios SE/CO está mais do que 3 p.p. abaixo observado no mesmo período do ano passado, 2017, 39,3%, e que, a terceira revisão do PMO Julho 2018 da ONS estima o valor esperado do nível dos reservatórios SE/CO para o final do mês, 31/07, em 34,3%. Esse valor é 3,7 p.p. abaixo do valor esperado que a ONS projetava em sua terceira revisão para o final do mesmo mês de julho de 2017.

Abaixo apresentamos a correlação entre o deplecionamento diário dos reservatórios e o preço da energia referente aos contratos para entrega em Jul/18 e Ago/18.

Pontoon-e | Preço do Contrato Jul/18 vs. Deplecionamento Diário (SE/CO)

Fonte: ONS e BBCE

Pontoon-e | Preço do Contrato Ago/18 vs. Deplecionamento Diário (SE/CO)

Fonte: ONS e BBCE

Com relação aos preços dos oitos contratos negociados na BBCE e acompanhados pela Pontoon-e referentes ao submercado SE/CO (Jul/18, Ago/18, Set/18, Out/18, Nov/18, 3º Tri/18, 4º Tri/18 e 2º Sem/18), nessa quinta-feira apenas não ocorreram negócios os contratos Jul/18. Os sete outros contratos (Ago/18,Set/18, Out/18, Nov/18, 3º Tri/18, 4º Tri/18 e 2º Sem/18) registraram negócios e apresentaram, em média, uma elevação de +0,7%, com elevada assimetria entre os contratos específicos.

Entre essas variações assimétricas, notamos a elevação de +0,9% para o contrato para  Ago/18,R$473,5/MWh (+R$4,0/MWh), +2,9% para Set/18, R$427,0/MWh (+R$2,9/MWh),+3,2% para Out/18, R$382/MWh (+R$12,0MWh), +3,6% para Nov/18, cotado a R$317/MWh (+R$17,0/MWh), -1,2% (comparado com o último dia a registrar negócios, 23/07) para 3º Tri/18, R$459,5/MWh (-R$5,5/MWh), -1,3% para 4º Tri/18, R$308,0/MWh (-R$4,0/MWh), e uma queda de -2,3% para 2º Sem/18, R$379/MWh (-R$9,0/MWh).

A manutenção dos preços dos contratos negociados em patamares mais elevados reflete o cenário de consolidação das expectativas de afluências abaixo da média histórica para todos os subsistemas, em linha com as projeções da ONS.

BBCE | Preço dos Contratos de Energia SE/CO (R$/MWh)  
Fonte: BBCE

Vai Chover?

A previsão para a próxima semana elaborada através do modelo ETA pelo Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos/Instituto Nacional de Pesquisas Espacias (CPTEC/INPE) indica para o início da próxima semana que uma nova frente fria avança pela região Sul e pelo litoral do Sudeste, ocasionando chuva fraca nas bacias dos rios Jacuí, Uruguai e em pontos isolados do Iguaçu. A condição de chuva fraca isolada permanece nessas bacias hidrográficas no decorrer da semana devido à atuação de áreas de instabilidade na região Sul. Em comparação com os valores estimados para a semana em curso, prevê-se para a próxima semana operativa recessão nas afluências de todos os subsistemas, com exceção do subsistema Sul que apresenta pequena recessão em sua previsão.

Mapa de Chuva: GEFS & INPE / CPTEC (18 a 27/Julho)

Em comparação com os valores estimados para a semana em curso, prevê-se para a próxima semana operativa recessão nas afluências de todos os subsistemas.

A previsão mensal para julho indica a ocorrência de afluências abaixo da média histórica para todos os subsistemas.

ONS | Balanço Energético Resumido no dia 24/07
Fonte: ONS

ONS | Carga de Energia: Programado vs. Realizado  
Fonte: ONS

Liquidez BBCE

O volume de energia transacionado nesta quinta-feira (26/07) foi de 180,9 MW médios, uma elevação de 49% comparada o volume 121,7 MW médios registrados na quarta-feira 25/07. Esse forte crescimento, junto com o elevado volume registrado na segunda-feira (236,8 MW médios), permitiu que o volume médio negociado nos últimos cinco dias registrasse o maior valor em mais de um mês, 139,6 MW médios, o maior volume registrado na série de produtos acompanhados pela Pontoon-e.

Na quarta-feira sete contratos (Ago/18,Set/18, Out/18, Nov/18, 3º Tri/18, 4º Tri/18 e 2º Sem/18) registraram negócios, entre os oitos contratos acompanhados pela Pontoon-e. Voltou a ocorrer elevada concentração nos contratos para Set/18, Out/18, e Nov/18 (83% do volume total negociado), mas dessa vez a principal concentração ocorreu nos contratos Out/18, que registraram crescimento elevado nessa quinta-feira (80,0 MW médios, +229% comparado com a quarta-feira), e foram responsáveis por 44% do volume de negócios do dia.

Os demais volumes negociados variaram entre Ago/18 (21,5 MW médios, +207%), Set/18 (46,4 MW médios, -43% comparado com o dia anterior), Nov/18 (24,0 MW médios, +243%), 3º Tri/18 (7,0 MW médios após um dia sem negócios desse contrato), e 4º Tri/18 e 2º Sem/18 com volumes bem reduzidos (1,0 MW médios para ambos).Os contratos de energia para Jul/18 não registraram negócios na quinta-feira, 26/07.

Fonte: BBCE

Preços, Assimetrias & Trades

A retomada do volume de negócios nessa semana, e a manutenção dos preços de fechamento em patamares elevados corrobora a percepção de elevação da demanda concentrada no final do terceiro trimestre até o meados do quarto trimestre. Essa conjuntura reflete o cenário de baixa hidrologia e reservatórios em queda até o final do ano e está alinhada com projeção da ONS para a próxima semana operativa, de recessão nas afluências de todos os subsistemas.

Lembramos que a nossa projeção de preço para Ago/18 (R$479/MWh) contempla ENA de 78% no SE e 65% da MLT no S. Se assumirmos, como um exercício de sensibilidade uma ENA mais elevada para agosto (~80% no SE e ~80% no S), isto implicaria em uma revisão para baixo do PLD projetado pela Pontoon-e (~R$420/MWh).

Em resumo, embora as varáveis de preço de curto prazo continuem indicando para elevação do preço da energia, alertamos que o mercado encontra-se bastante assimétrico, uma vez que uma pequena elevação da ENA em determinada semana, pode culminar em uma expressiva redução nos preços projetados. Vemos no momento o contrato de Ago/18 como o mais arriscado.

Análise Cenários | Dispersão Preço no dia 26/07 (R$/MWh)  
Fonte: Pontoon-e

Dispersão Preços | Pontoon-e vs. BBCE no dia 26/07 (R$/MWh)

Fonte: BBCE e Pontoon-e


 

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.