Resumo do Dia

Na quinta-feira, 19 de julho, o volume de negócios na BBCE teve uma recuperação significativa, com crescimento de 55% com relação ao dia anterior. Entretanto, esse crescimento ainda não foi suficiente para recuperar os volume anteriores à queda dois últimos dias, e os 70,1 MW médios negociados ainda estão abaixo dos volumes negociados desde a semana passada até ontem. Não obstante, tal qual ocorreu na quarta-feira, 18, os preços dos contratos de energia acompanhados pela Pontoon-e na BBCE não foram impactados pela queda da liquidez, e se mantiveram relativamente estáveis, na média, com uma variação de -0,15%, resultante principalmente de pequena elevação dos preços de contratos referentes ao mês de julho (+0,4%) e ao 3º Tri/18 (+0,5%), e da pequena queda nos preços dos contratos de novembro (-1,2%), e da . Em grande parte, esse cenário de queda da liquidez e manutenção de preços reflete a expectativa de manutenção do cenário de hidrologia, conforme sinalizado no PMO da última sexta-feira publicado pelo ONS.

O deplecionamento dos reservatórios da região sudeste continua, com mais uma queda de 0,2 pp no dia, reduzindo o seu nível a 36,8% no dia 18/07. Desde o início do mês de julho, os reservatórios do sudeste recuaram 3,0 p.p., o que representa uma queda média diária de ~0,17 p.p. Se esse cenário permanecer, a projeção inicial da ONS (PMO Julho) para o valor esperado do nível dos reservatórios SE/CO para o final de julho (36,1%) poderá ser atingido ainda na terceira semana do mês, o que tem levado a ONS a reduzir significativamente a projeção desse indicador. A última revisão do valor esperado do nível dos reservatórios da região sudeste para o final do mês permanece 34,8%.

Abaixo apresentamos a correlação entre o deplecionamento diário dos reservatórios o preço da energia referente aos contratos para entrega em Jul/18 e Ago/18.

Pontoon-e | Preço do Contrato Jul/18 vs. Deplecionamento Diário (SE/CO)

Fonte: ONS e BBCE

Pontoon-e | Preço do Contrato Ago/18 vs. Deplecionamento Diário (SE/CO)

Fonte: ONS e BBCE

Revertendo parte da redução observada nos dias anteriores, o volume de energia transacionado na quinta-feira (19/07) teve uma crescimento de 55%, atingindo 70,1 MW médios. Apesar da recuperação, esse ainda foi o pior resultado desde os 34,1 MW médios transacionados na primeira quarta-feira do mês, dia 04/07, à exceção dos 45,3 MW médios transacionados ontem, 18/07. Como resultado, caiu ainda mais o volume médio negociado nos últimos cinco dias, que atingiu 78,6 MW médios, seu menor volume desde a primeira quinta-feira do mês (05/07, quando ele atingiu 68,1 MW médios).

Com a recuperação de parte da queda do volume, seis entre os contratos negociados na BBCE e acompanhados pela Pontoon-e referentes ao submercado SE/CO (Jul/18, Ago/18, Set/18, Out/18, Nov/18, e 4º Tri/18) registraram negócios, com destaque para o significativo aumento no volume dos contratos Ago/18 (29,0 MW médios negociados, comparado com 5,4 MW médios no dia anterior) e Out/18 (21,0 MW médios negociados, comparado com 3,5 MW médios na quarta-feira).

A redução no volume dos contratos registrados nessa semana não impactou os preços de forma significativa. Os contratos para entrega de energia em Jul/18 permaneceram estáveis em R$472/MWh, enquanto os demais – Ago/18, Set/18, Out/18 e Nov/18 – encerrando o dia 18/07 cotados a R$468/MWh (+R$1/MWh), R$386/MWh (-R$2/MWh),  R$350/MWh (-R$4,5/MWh), e R$290/MWh(+R$5/MWh), respectivamente.

Os demais contratos ( 3º Tri/18, 4º Tri/18 e 2º Sem/18) não registraram negócios.

BBCE | Preço dos Contratos de Energia SE/CO (R$/MWh)  
Fonte: BBCE

Vai Chover?

A análise dos mapas de previsão de precipitação para o período de 17 a 26/Julho efetuados pelo Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos/Instituto Nacional de Pesquisas Espacias (INPE/CPTEC) e previstas a partir do modelo de previsão ETA para os próximos 10 dias indicam para a 3ª semana de julho (14 a 20/07) o avanço de duas frentes frias pela região Sul, uma no início da próxima semana (16/07) e a outra no final (21/07), ocasionando chuva fraca com períodos de moderada na bacia do rio Jacuí e precipitação de intensidade fraca em pontos isolados do Uruguai e do Iguaçu.

Mapa de Chuva: GEFS & INPE / CPTEC (18 a 27/Julho)

Em comparação com os valores estimados para a semana em curso, prevê-se para a próxima semana operativa recessão nas afluências de todos os subsistemas.

A previsão mensal para julho indica a ocorrência de afluências abaixo da média histórica para todos os subsistemas.

PMO (14 a 20/Julho – RV02) | Previsão da Energia Natural Afluente (%MLT) 
Fonte: ONS

IPDO | Balanço Energético Detalhado
Fonte: ONS

Liquidez BBCE

O  volume de energia negociado na BBCE e acompanhado pela Pontoon-e totalizou 70,1 MW médios nesta quinta-feira (19/07), sendo que dos oito contratos acompanhados, apenas dois não registraram negócios.

O contrato mais negociado no dia 19 de julho foi o contrato de Ago/18, contabilizando 29,0 MW médios (5,4 MW médios no dia anterior), seguido pelo contrato de Out/18 com 21,0 MW médios (3,5 MW médios negociados no dia anterior).

Além destes, quatro outros contratos registraram negócios: (i) Jul/18 (5,0 MW médios); (ii) Set/18 ( 7,0 MW médios), (iii) Nov/18 (6,1 MW médios), e (iv) 4º Tri/18 (2,0 MW médios).

Fonte: BBCE

Preços, Assimetrias & Trades

Entre os contratos acompanhados pela Pontoon-e na BBCE para os quais foram registradas negociações, mais uma vez o comportamento dos preços contratados no dia 18/07 apresentou relativa estabilidade e assimetria, com algumas pequenas alterações positivas e negativas. Ocorreram variações positivas nos contratos Jul/18 (+0,4%) e 4º Tri/18 (+0,5%), e variações negativas para os contratos Ago/18 (-0,1%), Set/18 (-0,4%), Out/18 (-0,1%), e Nov/18 (-1,2%). Os produtos acompanhados pela Pontoon-e na BCE, 3º Tri/18 e 2º Sem/18 , ficaram sem negociação em 19/07.

Os mapas indicam a proximidade de duas frentes frias no submercado sul, o que abre espaço para surpresas quanto a afluência, embora não vislumbramos correções de preço expressivas.

Uma rápida olhada entre os preços dos produtos negociados na BBCE e a estimativa da Pontoon-e para os mesmos, revelam uma margem para apreciação muito reduzida, implicando em uma relação risco/retorno pouco atraente.

Lembramos que a nossa projeção de preço para Ago/18 (R$479/MWh) contempla ENA de 78% no SE e 65% da MLT no S. Se assumirmos, como um exercício de sensibilidade uma ENA mais elevada para agosto (~80% no SE e ~80% no S), isto implicaria em uma revisão para baixo do PLD projetado pela Pontoon-e (~R$420/MWh).

Em resumo, embora as varáveis de preço de curto prazo continuem indicando para elevação do preço da energia, alertamos que o mercado encontra-se bastante assimétrico, uma vez que uma pequena elevação da ENA em determinada semana, pode culminar em uma expressiva redução nos preços projetados. Vemos no momento o contrato de Ago/18 como o mais arriscado.

Análise Cenários | Dispersão Preço no dia 19/07 (R$/MWh)  
Fonte: Pontoon-e

Dispersão Preços | Pontoon-e vs. BBCE no dia 19/07 (R$/MWh)

Fonte: BBCE e Pontoon-e


 

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *