Resumo do Dia

A BBCE encerrou o pregão do dia 07/08 com os preços dos contratos acompanhados pela Pontoon-e praticamente estáveis (+0,1%). Já o volume de negócios destes contratos registrado na BBCE atingiu 145,3 MW médios, recuando -27,5% em relação aos 200,4 MW médios registrado na segunda-feira, 06 de agosto. A liquidez voltou a ficar concentrada em apenas dois produtos, Set/18 e Out/18, responsáveis por 80,8% de todo o volume de negócios acompanhados na terça-feira.

Como resultado das chuvas no final de semana, observamos uma redução do ritmo de deplecionamento dos reservatórios da região sudeste, que nessa segunda-feira, 06/08, atingiu o nível de 33,5%. Desde o início do mês de agosto, os reservatórios do sudeste já recuaram 0,7 p.p., registrando uma queda média diária de -0,12 p.p.. Para todo o mês de agosto, a ONS estima que ocorrerá uma queda de 5,9 p.p., de acordo com o PMO, projetando para 31/08 o valor esperado de 28,1% para o nível dos reservatórios SE/CO. Esse valor é 4,1 p.p. abaixo do valor que a ONS registrou um ano atrás, no final do mesmo mês de Agosto de 2017.

Abaixo apresentamos a correlação entre o deplecionamento diário dos reservatórios e o preço da energia referente aos contratos para entrega em Ago/18 e Set/18.

Pontoon-e | Preço do Contrato Ago/18 vs. Deplecionamento Diário (SE/CO)Fonte: ONS e BBCE

Pontoon-e | Preço do Contrato Set/18 vs. Deplecionamento Diário (SE/CO)Fonte: ONS e BBCE

Na terça-feira, a BBCE registrou negócios com cinco dos oitos contratos acompanhados pela Pontoon-e, Ago/18, Set/18, Out/18, Nov/18, e Dez/18, com comportamento assimétrico dos preços (todos variaram, mas, na média, a variação do nível de preços foi de 0,0%).

Os contratos mais curtos (Ago/18, Set/18, e Out/18) registraram pequenos aumentos nos preços, variando entre +0,9% para Ago/18, R$485,2/MWh (+R$4,2/MWh), +0,4% para Set/18, R$456,5/MWh (+R$2,0/MWh); +0,3% para Out/18, R$388,0/MWh (+R$1,0/MWh). Por outro lado, os contratos mais longos, Nov/18 e Dez/18, tiveram pequenas reduções de preços, variando entre -0,6% para Nov/18, R$325,0/MWh (-R$2,0MWh); e -1,2% para Dez/18, R$249,0/MWh  (-R$3,0/MWh). Os contratos para 3º Tri/18, 4º Tri/18, e 2º Sem/18 não registraram negócios nessa terça-feira.

A manutenção dos preços dos contratos negociados em patamares mais elevados reflete o cenário de consolidação das expectativas de afluências abaixo da média histórica para todos os subsistemas, em linha com as projeções da ONS.

BBCE | Preço dos Contratos de Energia SE/CO (R$/MWh)   
 
Fonte: BBCE

Vai Chover?

A análise dos mapas de previsão de precipitação para o período de 08 a 17/Agosto efetuados pelo Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos/Instituto Nacional de Pesquisas Espacias (INPE/CPTEC) e previstas a partir do modelo de previsão ETA para os próximos 10 dias indicam para a 2ª semana de agosto (04 a 07/08) o avanço de uma nova frente fria pelas regiões Sul e Sudeste ocasionando chuva fraca nas bacias dos rios Jacuí, Uruguai, Iguaçu, Paranapanema, Tietê, no trecho incremental a UHE Itaipu e em pontos isolados do Grande.

Mapa de Chuva: GEFS & INPE / CPTEC (08 a 17/Agosto)

Em comparação com os valores estimados para a semana em curso, prevê-se para a próxima semana operativa, recessão nas afluências dos subsistemas Sudeste/Centro-Oeste e Norte, pequeno aumento nas afluências do subsistema Sul e estabilidade nas afluências do subsistema Nordeste.

Conforme podemos observar nos mapas animados acima, deveremos observar nas próximas semanas a proximidade de duas novas frentes frias nos submercados sul e sudeste, sendo a primeira entre os dias 09 e 10 de agosto e a segunda entre os dias 14 e 15 de agosto, o que deve contribuir para manter os preços voláteis.

A previsão mensal para agosto indica a ocorrência de afluências abaixo da média histórica para todos os subsistemas.

Liquidez BBCE

O volume de negócios registrado na BBCE no pregão dessa terça-feira, 07 de agosto, atingiu 145,3 MW médios, uma queda de -27,5% com relação ao volume de 200,4 MW médios registrado na segunda-feira, 06 de agosto. Em função da queda de volume negociado, caiu também a média de volume de negócios realizados nos últimos 5 dias úteis, que atingiu 204,6 MW médios por dia, um volume ainda muito elevado em termos históricos.

Entre os oitos contratos acompanhados pela Pontoon-e na BBCE, a liquidez voltou a ficar concentrada em apenas dois produtos, Set/18 e Out/18, responsáveis por 80,8% de todo o volume de negócios acompanhados na terça-feira. O principal destaque foi mais uma vez Out/18, com negócios de 85,5 MW médios, apesar da queda de -44,9% com relação ao volume registrado na segunda-feira.

Os demais volumes negociados variaram entre Ago/18 (10,0 MW médios, comparado com 0,2 MW médios do dia anterior), Set/18 (32,1 MW médios, +29,6%), Nov/18 (11,7 MW médios, -38,4%), e Dez/18 (6,0 MW médios, comparado com 2,0 MW médios do dia anterior). Os contratos para o 3º Tri/18, 4º Tri/18, e 2º Sem/18 não registraram negócios na terça-feira, 07/08.

Fonte: BBCE

Pontoon-e Alquimia: Preço, Mercado & Clima

IPDO | Carga de Energia (MW médios)   
 Fonte: ONS

Projeções Pontoon-e: Iniciamos o mês de agosto com a mesma conjuntura de afluência recessiva observada ao longo dos últimos dois meses. Para a 1ª e 2ª semanas de agosto os mapas em geral sinalizam afluência recessiva em todos os submercados, porém com uma maior deterioração nos níveis de armazenamento no sudeste.

Nossas simulações contemplam para o mês de agosto uma ENA (Energia Natural Afluente) de 73% (78% anteriormente) da MLT (Média de Longo Termo) no submercado SE/CO e de 66% da MLT no S. Já para os meses de setembro e outubro adotamos ENA de 82% (77% anteriormente) e 82% (87%) no SE/CO.

Fonte: Pontoon-e

Ressaltamos que os mapas continuam voláteis, principalmente quanto as previsões para os submercados SE/CO e S, e devem continuar assim ao longo do período seco.

Na tabela abaixo apresentamos a curva de preços para os produtos acompanhados pela Pontoon-e e negociados na BBCE.

Pontoon-e | Curva de Preços para a semana 02 a 08/08  

Fonte: Pontoon-e

Trade Idea Pontoon-e

Apesar da recente e significativa elevação do preço da energia nos contratos negociados na BBCE, entendemos que os preços devem continuar em elevação ao longo das próximas semanas. Uma rápida comparação entre os preços de encerramento dos contratos negociados na BBCE nesta terça-feira (07/08) e a nova curva de preços divulgada pela Pontoon-e, revela boas opções de trade no momento.

Embora os preços elevados inibam a contratação de energia pelos consumidores, o que poderia afetar a liquidez do mercado, a manutenção de preços elevados por um período relativamente longo, combinado com a ausência de indicadores que apontem para a possibilidade de reversão deste cenário de afluência recessiva no curto prazo, podem contribuir para um aumento no volume de negócios.

Evolução do Preço da Energia nos Contratos negociados na BBCE (R$/MWh)Fonte: BBCE

Com exceção do contrato para Dez/18, que em nossa opinião já encontra-se devidamente precificado – mantida as atuais condições -, vemos bom espaço para ganho na quase totalidade dos contratos acompanhados pela Pontoon-e na BBCE. Acreditamos que os contratos para entrega de energia em Set/18, Out/18 e Nov/18 indicam um bom potencial de lucro e apresentam a melhor relação risco/retorno, principalmente se considerarmos a liquidez destes contratos na BBCE.

Análise Cenários | Dispersão Preço no dia 07/08 (R$/MWh)   
 
Fonte: Pontoon-e

Dispersão Preços: Pontoon-e vs. BBCE no dia 07/08 (R$/MWh)Fonte: BBCE e Pontoon-e

 


 

 

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.