No meu circulo social, profissional e familiar encontro dois tipos principais de postura.

A prevalente que prega o aproveitamento máximo do “hoje”. Afinal a vida é agora. Depois nunca se sabe!

Uma minoria prefere uma estratégia de ir fazendo um “pé de meia” para sempre ter recursos robustos para épocas difíceis, imprevisíveis até.

Pelo andar da carruagem, enfrentaremos meses de tempos muito desafiadores, refiro-me às consequências econômicas advindas do corona vírus.

Em sua avaliação, qual é a postura mais defensável para o seu futuro?


Has protection become important?

In my social, professional and family circles I find two main approaches.

The prevalent that preaches the “maximum, today”. After all, life is now. Later on, you never know!

A minority prefers a strategy of making a “nest egg” to always have robust resources for difficult, unpredictable times.

The most likely scenario we will face these following months is associated with very difficult challenges. I refer to the economic consequences of the corona virus.

In your opinion, what is the most defensible posture for your future?


 

Compartilhe:
Rafael Herzberg
Rafael Herzberg é consultor independente para assuntos de energia por mais de 30 anos. Premiado no Brasil e Estados Unidos por cases de eficiência energética, geração on-site e projetos to-the-fence. Palestrante no Brasil e Estados Unidos em eventos de energia. Presta consultoria para clientes consumidores de energia (indústria, comércio e instituições), ofertantes de soluções em energia, concessionárias e comercializadores de energia além de ser convidado para atuar em casos de arbitragem de contratos de energia.
http://pontoon-e.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *