Projeto de lei em exame na Comissão de Serviços de Infraestrutura do Senado (CI) aumenta a participação de energia de fontes renováveis na matriz energética brasileira (PLS 712/2015).

A proposta inicial do senador Cristovam Buarq

ue (PPS-DF) previa a participação destas fontes limpas em, pelo menos, 60% da matriz energética do país até 2040.

O relator na CI, senador Lasier Martins (PSD-RS), deixou para o Plano Nacional de Energia a definição do percentual.

Ouçam a matéria completa em clip da Rádio Senado;

 

Fonte: Iara Farias Borges, Rádio Senado


 

 

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *