Governo quer a provar negócio ainda em 2019

Ministro revelou a intenção em evento em BH

O ministro Bento Albuquerque (Minas e Energia) afirmou ontem , 9/9, que o governo deve encaminhar o projeto de lei da privatização da Eletrobras até 20 de setembro para o Congresso Nacional. Segundo ele, a intenção é a aprovar o modelo da operação ainda em 2019.

O ministro participou nesta tarde da abertura da Exposibram (Expo & Congresso Brasileiro de Mineração).  A exposição, considerada uma das maiores da América Latina, é realizada pelo Ibram (Instituto Brasileiro de Mineração) em Belo Horizonte.

O aval do Congresso é necessário para que o governo dê prosseguimento ao repasse do controle da estatal para a iniciativa privada.  Isso porque a inclusão da empresa no PND (Plano Nacional de Desestatização) deve ser aprovado por meio de mudança na legislação.

“Neste ano, acredito que o modelo será aprovado no Congresso, porque ela tem que entrar no Plano Nacional de Desestatização. Foi retirada em 2004. E, nesse projeto de lei que nós devemos encaminhar nas próximas semanas, talvez até o dia 20, lá estará tudo detalhado”, disse.

O ministro afirmou que o tema tem sido tratado em suas viagens internacionais e que há interesse na empresa, que representa 31% da geração de energia do país. “Todos estão muito interessados nisso. Agora, nós temos que criar o melhor ambiente de negócios dentro desse modelo da Eletrobras para que os cidadãos tenham o melhor resultado possível.”

O governo espera arrecadar R$ 16,2 bilhões com a operação, de acordo com o PLDO (Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias) de 2020 enviado ao Congresso.  A estimativa anterior era de R$ 12 bilhões.

Fonte: Poder 360

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *