Sem consenso nas casas, presidente da Câmara espera pacificação para iniciar processo

De acordo com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a privatização da Eletrobras ainda está longe de ter um consenso. Segundo ele, ainda não há um acordo sobre o assunto nas duas casas legislativas para que o projeto de lei que autoriza a venda da estatal seja votado. Enquanto essa ‘pacificação’ não chega, ele aguarda, mas acredita que ele possa ser realizado este ano. “A cada dia que passa fica mais difícil [aprovar este ano]“, afirma o deputado, que participou de almoço na Associação Comercial do Rio de Janeiro nesta segunda-feira, 10 de fevereiro.

Segundo Maia, o senador Eduardo Braga (MDB- AM), que já foi ministro de Minas e Energia e presidente da comissão de infraestrutura do Senado, tem ideias e críticas ao atual modelo, que já estão sendo negociadas entre o governo e o Senado. O ministro Bento Albuquerque já entregou a Rodrigo Maia o PL para a privatização da estatal, mas ele ainda não prosseguiu na Câmara, onde vai tramitar primeiro.


 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *