Testes em andamento darão a certificação do produto para venda inicial na Europa

Várias turbinas eólicas na paisagem de um campo ou no mar, mas sem aquela pás gigantes girando. Muitos pensarão “impossível”.  Mas isso pode acontecer sim. “Made in Espanha”, é o que mostra a realidade de uma patente sobre as primeiras turbinas eólicas sem pás no mundo da energia. É um novo conceito que permite aproveitar a força dos ventos para gerar eletricidade, mas sem as tradicionais pás para captar os próprios.

A inovação partiu da Vortex Bladeless, uma startup espanhola e que teve desde 2015 o objetivo de criar o primeiro aerogerador sem pás do mundo. É um novo tipo de equipamento  sem engrenagens ou pás no lugar do rotor.

Esta inovação traz desde já inúmeras vantagens: inofensivo para os pássaros, não tem qualquer parte móvel em contato, permite um movimento silencioso, custos de manutenção relativamente baixos, não precisa de lubrificantes para o rotor, não deixa quaisquer resíduos, está sempre orientada de acordo com o vento, mudando rapidamente perante oscilações de intensidade e direção, baixos custos de produção, entre outras vantagens.

COMO FUNCIONA ESTA TECNOLOGIA DE AEROGERADORES SEM PÁS? | Estas turbinas eólicas, são baseadas em geradores eólicos por vorticidade, são uma solução ideal para o mercado residencial, sendo também um excelente complemento para a energia fotovoltaica. Este projeto será financiado pelo programa Horizon 2020 SME, sendo que a empresa já conseguiu dar um passo considerável para o desenvolvimento desta tecnologia, junto com outras empresas que complementam as capacidades técnicas de seu equipamento.

Terminada a fase de otimização dos primeiros produtos, começou a fase dos pedidos de certificação. Estava prevista uma campanha de testes em fase beta durante outubro deste ano, com o intuito de obter feedback de potenciais clientes com diferentes perfis sobre os primeiros produtos a serem comercializados.

O próximo passo da Vortex Bladeless será aumentar a sua presença por toda a Europa, sendo que está previsto instalar uma filial na Alemanha para já expor seus produtos em eventos internacionais.

Fonte: Portal Energia- Portugal

Foto: Divulgação Vortex


Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *