Os leilões oficiais para fornecimento de energia a partir de janeiro de 2023, contratados em longo prazo (entre 20 e 30 anos), fecharam preços realmente atrativos para as fontes solar (R$ 68/MWh) e eólica (R$ 80/MWh).

Na verdade, estes preços são simplesmente espetaculares!

Resta saber se mudarão as referências futuras de tarifas cativas assim como os preços livres.

A dúvida merece consideração cuidadosa por parte de compradores e vendedores de energia, já que a nossa regulação do setor elétrico não é um exemplo de solidez, previsibilidade e mesmo de adimplência das próprias instituições oficiais.

Tomara que estejamos diante de um ponto de inflexão em que tarifas e preços futuros de energia no Brasil passarão a se alinhar com a paridade competitiva.


Lower future power prices in Brazil?

The official power supply auctions starting from January 2023, contracted in the long term (between 20 and 30 years), closed prices really attractive for solar sources (equivalent to USD 18/MWh) and wind (equivalent to USD 22/MWh) .

In fact, these prices are simply spectacular!

It remains to be seen whether these prices will change future references for regulated rates as well as deregulated prices.

The doubt deserves careful consideration from power buyers and sellers, since our regulation of the electricity sector is not an example of solidity, predictability and even compliance by the official institutions (delinquency).

I hope that we are facing a turning point in which future power tariffs and prices in Brazil will be much more aligned with the competitive parity.


 

Compartilhe:
Rafael Herzberg
Rafael Herzberg é consultor independente para assuntos de energia por mais de 30 anos. Premiado no Brasil e Estados Unidos por cases de eficiência energética, geração on-site e projetos to-the-fence. Palestrante no Brasil e Estados Unidos em eventos de energia. Presta consultoria para clientes consumidores de energia (indústria, comércio e instituições), ofertantes de soluções em energia, concessionárias e comercializadores de energia além de ser convidado para atuar em casos de arbitragem de contratos de energia.
http://pontoon-e.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *