A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE informa que o Preço de Liquidação das Diferenças – PLD para o período de 26 de setembro a 2 de outubro aumentou 64% nos submercados Sudeste/Centro-Oeste, Sul e Norte, saindo de R$ 105,54/MWh e indo para R$ 172,67/MWh. Para o Nordeste, o preço subiu 133%, saindo de R$ 68,71/MWh e sendo fixado em R$ 160,33/MWh.

O principal fator responsável pelo aumento do PLD foi a realização pessimista de afluências do mês de setembro para o Sistema Interligado Nacional (SIN), associada à previsão de manutenção deste cenário para o mês de outubro.

Os limites de envio de energia da região Nordeste foram atingidos em todos os patamares, mantendo o descolamento dos preços dos submercados Sudeste/Centro-Oeste, Sul e Norte em relação ao Nordeste.

Destaca-se que a carga prevista para os meses de outubro e novembro teve aumento de 2.281 MW médios e 1.329 MW médios, respectivamente.

Para a primeira semana operativa de outubro, a expectativa de carga aumentou em cerca de 626 MW médios em relação a revisão anterior, com alta nos submercados Sudeste/Centro-Oeste (+130 MW médios) e Nordeste (+561 MW médios), enquanto o submercado Sul apresentou redução de -49 MW médios frente à previsão anterior. Para o Norte, a previsão de carga não foi alterada.

Os níveis dos reservatórios do Sistema Interligado Nacional (SIN) ficaram cerca de 114 MW médios abaixo do esperado. Os níveis estão mais altos no submercado no Sul (+100 MW médios) e Nordeste (+362 MW médios). O armazenamento está mais baixo no Sudeste/Centro-Oeste(-408 MW médios) e no Norte (-168 MW médios) em relação à expectativa anterior.

O fator de ajuste do Mecanismo de Realocação da Energia (MRE) estimado para setembro de 2020 é de 65,8% e a previsão para outubro é de 68,1%.

O Encargo de Serviços do Sistema (ESS) para setembro de 2020 tem previsão de R$ 39,9 milhões, sendo R$ 26,5 milhões devido a restrições operativas e R$ 13,4 milhões a Unit Commitment. Para outubro de 2020, a previsão é de R$ 15,2 milhões devido apenas a restrições operativas.


 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *