A tendência predominante, mundo afora, é tornar as matrizes energéticas dos países renováveis.

Fontes essencialmente hidráulica, eólica, solar em que item mais importante de custo é a amortização do capital investido.

As usinas movidas a combustível como por exemplo carvão, óleo e gás serão usadas apenas para compensar a das fontes renováveis e representarão uma parcela pequena da matriz energética.

Assim, o grosso do custo da cadeia de valor do setor elétrico é fixo em $/kW de capacidade instalada.

Refletir esta realidade para os clientes consumidores de energia, é trazer transparência e simplicidade.

Resumo da ópera: consumidores deveriam receber uma conta fixa mensal associada a capacidade que requerem da rede pública.


Why should the power bill be fixed?

The prevailing trend, worldwide, is to make the power matrix of the countries renewable.

Essentially hydraulic, wind, solar sources in which the most important cost item is the amortization of capital expenditure (CAPEX).

Fuel-powered plants such as coal, oil and gas will only be used to compensate for the intermittency of renewable sources and will represent a small portion of the energy matrix.

Thus, the bulk of the electricity sector value chain cost is fixed in $/kW of installed capacity.

To reflect this reality for energy consuming customers, is to bring transparency and simplicity.

Bottom line: consumers should receive a fixed monthly bill associated with the capacity they require from the public network.


 

Compartilhe:
Rafael Herzberg
Rafael Herzberg é consultor independente para assuntos de energia por mais de 30 anos. Premiado no Brasil e Estados Unidos por cases de eficiência energética, geração on-site e projetos to-the-fence. Palestrante no Brasil e Estados Unidos em eventos de energia. Presta consultoria para clientes consumidores de energia (indústria, comércio e instituições), ofertantes de soluções em energia, concessionárias e comercializadores de energia além de ser convidado para atuar em casos de arbitragem de contratos de energia.
http://pontoon-e.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *