O ONS (Operador Nacional do Sistema) publicou nesta sexta-feira (14/12) a RV2 do PMO (Programa Mensal de Operação) com as premissas do Programa Mensal de Operação para o mês de dezembro de 2018, bem como os resultados de despacho térmico, CMO (Custo Marginal de Operação), energia natural afluente (ENA) e armazenamentos para a 3ª semana operativa do mês, de 15 a 21 de dezembro.

Abaixo apresentamos um resumo e os principais destaques deste documento.

Highlights do PMO

Custo Marginal de Operação (CMO) | Para esta 3ª semana operativa de outubro, o CMO médio estabelecido para os submercados SE/CO, S e NE apresentaram elevação, passando de R$62,19/MWh para R$73,69/MWh (+18,5%), enquanto que no submercado N o CMO apresentou expressiva queda, passando de R$62,19/MWh para R$1,89/MWh (-97,0%).

Como resultado, projetamos para esta semana operativa uma elevação do PLD nos submercados SE/CO, S e NE, enquanto que para o submercado N a Pontoon-e estima uma forte queda em relação ao preço divulgado na semana anterior (R$66,13/MWh). A projeção da Pontoon-e aponta para um PLD nos submercados SE/CO, S e NE de ~R$79/MWh e para o N de ~R$37/MWh.

Razões para o aumento/redução do CMO | A previsão de queda nas afluências no SE/CO, S e NE, além da elevação na carga esperada para dezembro são os principais fatores para o aumento do PLD nesses submercados. Já a redução significativa do preço do N se deu em função da elevação de suas afluências que passaram de 126% para 176% da média histórica.

Despacho Termelétrico | Apesar desta piora da vazão esperada no SE e S, o ONS não alterou a projeção de despacho termelétrico para a próxima semana (mantido em 4,3 GW médios): (i) Inflexibilidade: 2,7 GW médios; (ii) Ordem de Mérito: 1,2 GW médios; e (iii) Restrição Elétrica: 0,4 GW médios.

Lembramos que o PLD para a semana de 15 a 21 de dezembro será publicado nesta sexta-feira (14/12), no final do dia.

PMO (Dezembro – 15 a 21/12) | Custo Marginal de Operação (R$/MWh) 
 
Fonte: ONS

Energia Natural Afluente (ENA) | A ENA esperada pelo ONS para a 3ª semana operativa em relação a semana anterior aponta para uma expressiva redução na afluência nos submercados: SE (de 102% para 87%) e S (de 62% para 56%). Já para os demais subsistemas a projeção é de elevação da afluência: NE (de 87% para 110%) e N (de 110% para 187%).

O ONS estima para o mês de dezembro afluência recessiva apenas nos submercados sul e nordeste: S (de 74% para 67%) e NE (de 99% para 95%). Já a projeção para o submercado sudeste e norte é de hidrologia acima da média histórica (MLT): SE (de 115% para 101%) e N (de 126% para 176%).

PMO (Dezembro – 15 a 21/12) | Energia Natural Afluente (%MLT) 
 
Fonte: ONS

Armazenamento | Para o mês de novembro (30/11) os valores finais dos níveis de armazenamento apresentados pelo ONS são: SE (24,2%), S (69,8%), NE (30,1%) e N (22,1%). Já a estimativa para o nível dos reservatórios para o final de dezembro (31/12) publicada é a seguinte: SE (de 31,9% para 28,4%); S (de 64,2% para 63,0%), NE (de 44,4% para 42,4%) e N (de 28,8% para 41,2%).

PMO (Dezembro – 15 a 21/12) | Nível dos Reservatórios no dia 31/12 (%) 
 
Fonte: ONS

Carga de Energia | De acordo com o PMO publicado hoje, referente ao mês de dezembro, a estimativa de crescimento da carga no SIN realizada pelo ONS foi elevada de+1,3% para +1,8%. Este crescimento reflete a expansão do consumo na quase totalidade dos submercados: SE (de +2,0% para +3,0%), S (de +0,1% para +2,5%) e NE (de +3,3% para +0,3%). A exceção foi o submercado N (de -5,2% para -5,7%).

Para a próxima semana, a carga prevista deve ficar em torno de +1.195 MW médios mais alta no SIN, com redução esperada apenas no NE (-415 MW médios). No N, a expectativa é a mesma da semana anterior, enquanto no SE (+1.132 MW médios) e no S (+478 MW médios) se espera elevação.

PMO (Dezembro – 15 a 21/12) | Carga de Energia (MW médios)Fonte: ONS

Elevação do CMO no SE/CO, S e NE reflete piora na expectativa de vazão e aumento de carga. O aumento observado no CMO médio de R$62,19/MWh para R$73,69/MWh (+18,5%), estabelecido para os submercados SE/CO, S e NE, é reflexo direto da combinação de menor afluência e aumento da carga prevista (SE/CO e S).

Já a expressiva redução do CMO no submercado N – de R$62,19/MWh para R$1,89/MWh (-97,0%) – é explicada pela maior estimativa de vazão, resultando em uma redução de -R$61/MWh.

Pontoon-e projeta PLD da 3ª semana ~R$79/MWh (SE/CO, S e NE) e de ~R$37/MWh (N). Esta elevação do CMO certamente impactará o PLD a ser anunciado no final do dia e consequentemente a projeção de preços dos agentes para a próxima semana.

A projeção da Pontoon-e aponta para um PLD nos submercados SE/CO, S e NE de ~R$79/MWh e para o N de ~R$37/MWh.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *