Preço médio do segundo semestre está estimado em R$ 133,84 /MWh para o submercado Sudeste

A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE apresentou, nesta segunda-feira, 3/6, durante o InfoPLD ao vivo, análise do comportamento do Preço de Liquidação das Diferenças – PLD ao longo do mês de maio e a expectativa para os próximos meses. As atuais projeções indicam baixa no PLD de maio para junho, ficando em R$ 83/MWh no Sudeste.

Os preços médios de maio de 2019 foram de R$ 135,17/MWh no Sudeste/Centro-Oeste e Sul. Nos submercados Norte e Nordeste, o PLD ficou em R$ 50,95/MWh. Para a primeira semana de junho, os preços para todos os submercados ficaram em R$ 42,35/MWh, demonstrando o comportamento de uma redução de 67% no preço do Sudeste e Sul.

Apesar da queda em junho, o preço deve retornar ao patamar de maio durante o segundo semestre de 2019. O PLD médio para o período no submercado Sudeste é de R$ 133,84/MWh, alcançado uma média anual de R$ 172,68/MWh na região.

Para junho, as afluências previstas estão acima da MLT no Sudeste (107%), Sul (236%) e Norte (108%). No Nordeste, apesar da previsão de 59% da média histórica, a ENA apresenta uma pequena melhora em relação a maio, quando ficou em 56%.

A previsão do fator de ajuste do MRE, em 2019, é de 85%, sendo que o índice deve ficar em 92,4% para maio e 70,5% para junho. Desta forma, o impacto financeiro previsto pela análise do MRE, em um cenário hipotético de 100% de contratação da garantia física, será de R$ 9 bilhões, sendo R$ 7 bilhões referentes ao Ambiente de Contratação Regulada – ACR e R$ 2 bilhões ao Ambiente de Contratação Livre – ACL.

Os Encargos de Serviços do Sistema – ESS devem alcançar o valor de R$ 209 milhões em maio. Para junho, este valor deve ser inferior, ficando em aproximadamente R$ 11 milhões.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *