Preço da terceira semana de maio é fixado em R$ 98,21/MWh no Sudeste/Centro-Oeste e no Sul.No Nordeste e no Norte, o preço permaneceu no mínimo de R$ 42,35/MWh. 

Espera-se que as afluências de maio de 2019 fechem em torno de 97% da MLT para o sistema: no Sudeste (92% para 96%); no Sul (106% para 170% ), no Nordeste ( 51% para 53% ) e no Norte (89% para 83%).

O fator de ajuste do MRE para o mês de maio é de 94,3%, com ESS previsto para

R$ 100 milhões, sendo R$ 61 milhões referentes às restrições operativas e R$ 39 milhões à reserva operativa.

 

A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE informa que o Preço de Liquidação das Diferenças – PLD para a terceira semana de maio (11 a 17 de maio de 2019) reduziu em 44% nos submercados Sudeste/Centro-Oeste e Sul, ao sair de 174,86/MWh e ir para R$ 98,21/MWh. No Nordeste e no Norte, o preço permaneceu no mínimo de R$ 42,35/MWh.

A principal responsável pela redução do PLD foi a estimativa de afluências mais otimistas para as próximas semanas, sobretudo as do Sudeste e do Sul. Os limites de recebimento de energia do Sudeste pelos submercados Norte e Nordeste foram atingidos em todos os patamares, desacoplando o preço.

Espera-se que as afluências de maio fechem em torno de 97% da MLT para o sistema, estando abaixo da média para todos os submercados com exceção do Sul: no Sudeste (92% para 96%); no Sul (106% para 170%), no Nordeste (51% para 53%) e no Norte (89% para 83%).

Para a próxima semana, a expectativa é que a carga prevista fique 206 MWmédios mais baixa, com redução esperada no Sudeste (-298 MWmédios). No Norte, a expectativa é de aumento de 92 MWmédios e nos demais submercados a previsão é a mesma da semana anterior.

Os níveis dos reservatórios do SIN ficaram cerca de 77 MWmédios mais baixos em relação ao esperado, com redução apenas no Sudeste (-407 MWmédios). No Sul e Nordeste, os níveis estão mais altos, 227 MWmédios e 103 MWmédios a mais respectivamente. No Norte, os níveis são os mesmos do estimado na semana passada.

O fator de ajuste do MRE para o mês de maio foi revisto de 93,5% para 94,3%. O ESS previsto para maio de 2019 é de R$ 100 milhões, sendo R$ 61 milhões referentes às restrições operativas e R$ 39 milhões à reserva operativa. Considerando a atual conjuntura, esta previsão de encargos pode variar.

 

 

2019.05.10_PLD.png

 

A análise detalhada do comportamento do PLD pode ser encontrada no boletim InfoPLD, divulgado semanalmente no site da CCEE.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *