fbpx
Imagem: Pixabay
Home>Colunistas>PLD horário: o que isto tem a ver com você?
Colunistas

PLD horário: o que isto tem a ver com você?

Pontoon-e |

Compartilhe:

PLD é o preço de liquidação das diferenças. É o “spot”  publicado pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

A partir do ano que entra, o PLD será “horário”. Atualmente é “semanal”.

Para os consumidores livres trata-se de uma mudança importante. Pelo simples fato que serão contabilizadas as diferenças entre o contratado e o consumido, por hora e não por semanal

Ficará “mais rigoroso”. Por outro lado abre-se uma oportunidade também em relação às sobras de energia de cada hora que serão “vendidas” e as faltas “compradas” .

Para quem se preparar adequadamente, estas “transações” podem até gerar um resultado “extra”. Para os demais que “deixarem rolar” poderá haver um aumento de custo.

Fazer esta gestão não é difícil. É preciso ter determinação e iniciativa. Principalmente pois os resultados dependerão da proatividade ou reatividade.

O que você preferirá fazer?


Hourly power prices: what does it mean?

PLD is the settlement power price – the Brazilian “spot” as published by the official clearinghouse – CCEE.

As of the beginning of the next year the PLD will be “hourly”, as opposed to the current “weekly”.

For deregulated energy users, this is an important change. For the simple fact that the differences between the contracted and the consumed power volumes will be accounted per hour and not per week..

It will be “stricter”. On the other hand, an opportunity opens up as well. The surplus energy from each hour will be “sold” and the shortages “bought”. For those who prepare their companies and institutions properly,, these “transactions” can even generate an “extra” result. For others who “let it go” there may be an increase in cost.

Managing this is not difficult. It takes determination and initiative. Mainly because the results will depend on the proactivity or reactivity.

What will you prefer to do?


 

 

Compartilhe:
Rafael Herzberg
Rafael Herzberg é consultor independente para assuntos de energia por mais de 30 anos. Premiado no Brasil e Estados Unidos por cases de eficiência energética, geração on-site e projetos to-the-fence. Palestrante no Brasil e Estados Unidos em eventos de energia. Presta consultoria para clientes consumidores de energia (indústria, comércio e instituições), ofertantes de soluções em energia, concessionárias e comercializadores de energia além de ser convidado para atuar em casos de arbitragem de contratos de energia.
http://pontoon-e.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Imagem: Pixabay
Home>Colunistas>PLD horário: o que isto tem a ver com você? dup
Colunistas

PLD horário: o que isto tem a ver com você? dup

Pontoon-e |

Compartilhe:

PLD é o preço de liquidação das diferenças. É o “spot”  publicado pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

A partir do ano que entra, o PLD será “horário”. Atualmente é “semanal”.

Para os consumidores livres trata-se de uma mudança importante. Pelo simples fato que serão contabilizadas as diferenças entre o contratado e o consumido, por hora e não por semanal

Ficará “mais rigoroso”. Por outro lado abre-se uma oportunidade também em relação às sobras de energia de cada hora que serão “vendidas” e as faltas “compradas” .

Para quem se preparar adequadamente, estas “transações” podem até gerar um resultado “extra”. Para os demais que “deixarem rolar” poderá haver um aumento de custo.

Fazer esta gestão não é difícil. É preciso ter determinação e iniciativa. Principalmente pois os resultados dependerão da proatividade ou reatividade.

O que você preferirá fazer?


Hourly power prices: what does it mean?

PLD is the settlement power price – the Brazilian “spot” as published by the official clearinghouse – CCEE.

As of the beginning of the next year the PLD will be “hourly”, as opposed to the current “weekly”.

For deregulated energy users, this is an important change. For the simple fact that the differences between the contracted and the consumed power volumes will be accounted per hour and not per week..

It will be “stricter”. On the other hand, an opportunity opens up as well. The surplus energy from each hour will be “sold” and the shortages “bought”. For those who prepare their companies and institutions properly,, these “transactions” can even generate an “extra” result. For others who “let it go” there may be an increase in cost.

Managing this is not difficult. It takes determination and initiative. Mainly because the results will depend on the proactivity or reactivity.

What will you prefer to do?


 

 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *