A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE informa que o Preço de Liquidação das Diferenças – PLD para o período de 7 a 13 de novembro aumentou em todos os submercados. Para o Sudeste/Centro-Oeste, Sul e Norte, o aumento foi de 51%, passando de R$ 370,77/MWh e atingindo o preço máximo regulatório de R$ 559,75/MWh. Já no Nordeste, a alta foi de 31%, passando de R$ 150,60/MWh para R$ 196,76/MWh.

O principal fator responsável pelo aumento do PLD foi a redução das expectativas de afluências do Sistema Interligado Nacional (SIN).

Os limites de envio de energia da região Nordeste foram atingidos em todos os patamares, mantendo o descolamento dos preços em relação aos demais submercados.

Para novembro, espera-se que as afluências fechem em torno de 56% da média de longo termo (MLT) para o sistema, sendo 56% no Sudeste; 22% no Sul; 90% no Nordeste e 89% no Norte.

Para a próxima semana, a expectativa é que a carga prevista do SIN fique em torno de 2.033 MW médios mais baixa, com redução no Sudeste (-1.700 MW médios) e no Sul (-333 MW médios). No Nordeste e Norte a expectativa não foi alterada.

Os níveis dos reservatórios do SIN ficaram cerca de 666 MW médios acima do esperado, com valores acima da expectativa anterior no Sul (+457 MW médios) e no Nordeste (+206 MW médios) e redução somente no Sudeste (-204 MW médios). Já para o Norte ficou conforme o esperado.

O fator de ajuste do MRE estimado para novembro passou de 71,5% para 65,4%. O Encargo de Serviços do Sistema (ESS) previsto para a primeira semana operativa de novembro está em R$ 176,6 milhões, sendo R$ 121,2 milhões devido a segurança energética, R$ 11,4 milhões por unit commitment e R$ 44 milhões devido a importação por segurança energética. Para a segunda semana, deve continuar ocorrendo despacho por segurança energética visando garantir a não degradação do armazenamento da região Sul.


 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *