Preço da quarta semana de março é fixado em R$ 199,09/MWh no Sudeste/Centro-Oeste e Sul, R$ 160,22/MWh no Nordeste e segue no mínimo de R$ 42,35/MWh no Norte

Afluências previstas para o Sistema sobem para 92% da média histórica e impactam na queda do PLD

Fator de ajuste do MRE previsto para março é de 139,1% com ESS em R$ 69 milhões para o período

A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE informa em 15/3, que o Preço de Liquidação das Diferenças – PLD para o período entre 16 e 22 de março caiu 20% ao passar de R$ 250,06/MWh para R$ 199,09/MWh nos submercados Sudeste/Centro-Oeste e Sul. No Nordeste e no Norte, os preços permaneceram os mesmos da semana passada, R$ 160,22/MWh e R$ 42,35/MWh, respectivamente.

A redução do PLD é explicada pela verificação e estimativa de afluências mais otimistas (de 87% para 92% da média histórica) para março no Sistema Interligado Nacional – SIN, principalmente nas regiões Sul (172%) e Norte (89%). A expectativa de ENAs indica índices em 96% Sudeste e em 40% no Nordeste.

A carga prevista para a próxima semana deve ficar em torno de 485 MWmédios mais baixa, com reduções de 165 MWMédios no Sul, de 175 MWmédios no Nordeste e de 145 MWmédios no Norte. No Sudeste, a carga deverá ser a mesma da registrada na semana anterior.

Os níveis dos reservatórios do SIN ficaram cerca de 510 MWmédios mais altos em relação ao esperado, com redução apenas no Norte (-145 MWmédios). Nos demais submercados, as elevações ficaram, respectivamente, em 205 MWmédios, 350 MWmédios e 105 MWmédios no Sudeste, Sul e Nordeste.

O fator de ajuste do MRE esperado para março foi revisto de 138,6% para 139,1%. O ESS previsto para março de 2019 é de R$ 69 milhões, sendo R$ 50 milhões referentes às restrições operativas e R$ 19 milhões à reserva operativa. A CCEE ressalta que considerando a atual conjuntura, a previsão de encargos pode variar.

A análise detalhada do comportamento do PLD pode ser encontrada no boletim InfoPLD, divulgado semanalmente no site da CCEE.

Imagem PLD dia 15.png
Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *