O ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, garantiu nesta segunda-feira, 18, mais uma vez que a política de preços da Petrobras será mantida, sem interferência do governo. “A Petrobras tem acionistas minoritários e precisa sim ter sua política de preços”, disse o ministro, para quem o único ponto que falta na reforma do setor de óleo de e gás é o refino.

Ele lembrou também que, nesta semana, haverá discussão sobre privatização das distribuidoras da Eletrobras. As afirmações foram feitas em sessão de respostas à plateia após almoço com empresários do grupo Lide, em São Paulo.


 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *