O orçamento aprovado pelo país para 2021 foi duramente criticado pelos analistas econômicos por incluir “pedaladas” como uso de verbas que são obrigatórias (educação, saúde) para outras finalidades como projetos para os parlamentares e por estourar os limites da responsabilidade fiscal.

A questão é relevante pois o orçamento assim como está gera consequências preocupantes: instabilidade (inflação crescente, custo da dívida pública em alta e desiquilíbrio sistêmico das contas públicas) e imprevisibilidade (quebra de contratos/leis, instabilidade e fragilidade institucional).

O resultado desta situação é conhecido: inflação aumentada, desemprego mantido nas alturas, PIB anêmico e para agravar a taxa de câmbio desvalorizando ainda mais o Real com todas as consequências associadas.

Neste quadro, o setor energético se apresenta com um quadro de desafios importantes pois trata-se de um ramo capital-intensivo. Para prosperar requer estabilidade, que é o oposto do que se prevê.


Brazil’s budget and energy

The budget approved by the country for 2021 was severely criticized by economic analysts for including the use of funds that are mandatory (education, health) for other purposes such as projects for parliamentarians and for breaking the official limits of fiscal responsibility.

The question is relevant because the budget as it is has worrying consequences: instability (rising inflation, rising public debt costs and systemic imbalance in public accounts) and unpredictability (breach of contracts/laws, instability and institutional fragility).

The result of this situation is well known: increased inflation, super high unemployment, anemic GDP and to aggravate the exchange rate by further devaluing the Real (vis-à-vis the hard currencies) with all the associated consequences.

In this context, the energy/power sector presents itself with important challenges as it is a capital-intensive sector.

To thrive it requires stability, which is the opposite of what is expected.


 

Compartilhe:
Rafael Herzberg
Rafael Herzberg é consultor independente para assuntos de energia por mais de 30 anos. Premiado no Brasil e Estados Unidos por cases de eficiência energética, geração on-site e projetos to-the-fence. Palestrante no Brasil e Estados Unidos em eventos de energia. Presta consultoria para clientes consumidores de energia (indústria, comércio e instituições), ofertantes de soluções em energia, concessionárias e comercializadores de energia além de ser convidado para atuar em casos de arbitragem de contratos de energia.
http://pontoon-e.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *