Empreendedores do setor de energia poderiam considerar uma oportunidade advinda da fragilidade de câmara oficial (CCEE).

Criar uma câmara independente que fizesse o “clearing” de transações daqueles que desejassem fechar diferenças (compra ou venda) sem passar pelo “abacaxi” da inadimplência da CCEE.

Seria um grande passo na busca de competitividade! Há anos, com a inadimplência sistêmica da CCEE,  há um custo pago por todos que precisam vender excedentes de energia: o ágio cobrado pelas comercializadoras.

E assim o Brasil caminharia para custos mais competitivos!


Opportunity: an independent power clearinghouse (Brazil)

Energy entrepreneurs could consider an opportunity stemming from the official power clearinghouse (CCEE) weakness.

Create an independent clearinghouse that would clear transactions of those who wanted to buy or sell differences without going through the CCEE and its traditional delinquency.

It would be a big step in the pursuit of competitiveness! For years with CCEE’s systematic default there has been a cost paid by all who need to sell surpluses of energy: a spread paid by the energy users to the power traders.

And so Brazil would move towards more competitive power costs!


 

Compartilhe:
Rafael Herzberg
Rafael Herzberg é consultor independente para assuntos de energia por mais de 30 anos. Premiado no Brasil e Estados Unidos por cases de eficiência energética, geração on-site e projetos to-the-fence. Palestrante no Brasil e Estados Unidos em eventos de energia. Presta consultoria para clientes consumidores de energia (indústria, comércio e instituições), ofertantes de soluções em energia, concessionárias e comercializadores de energia além de ser convidado para atuar em casos de arbitragem de contratos de energia.
http://pontoon-e.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *