falta de frio em abril não foi fora do comum, mas muitos alimentaram a expectativa de que o resfriamento acentuado já começaria porque em 2017 o ar polar chegou forte ao centro-sul do Brasil no fim de abril. Mas a seca de abril de 2018 incomodou mais do que a temperatura alta.

A maioria das áreas do estado de São Paulo terminaram o mês com chuva abaixo ou muito abaixo da média. Na cidade de São Paulo choveu apenas 28,0 mm e, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, foi o terceiro abril mais seco em 40 anos. Muita gente pergunta agora quando vai realmente esfriar e também quando volta a chover em São Paulo.

O que esperar do mês de maio?

climatologia de maio mostra que este já um mês de pouca chuva no estado de São Paulo. O tempo seco e ensolarado por vários dias consecutivos é uma situação comum. Em geral, é em maio que as massas de ar frio realmente fortes começam a chegar a São Paulo derrubando a temperatura. Na capital paulista, a média histórica das temperaturas mínimas e das máximas de maio é aproximadamente 3ºC menor do que a de abril.

Climatologia de maio na cidade de São Paulo

Tempo no Dia das Mães

primeira quinzena segue com predomínio de tempo seco e quente. No fim de semana do Dia das Mães, uma frente fria vai passar pelo litoral paulista, mas não terá força para mudar o tempo em todo o estado. A maioria das áreas pelo interior paulista continuará com sol e calor.

Pode até chover fraco no leste de São Paulo, incluindo a Grande de São Paulo e o litoral, e teremos uma ligeira queda da temperatura. Mas não dá para pensar em frio intenso de outono. No sábado, 12 de maio, a previsão é de calor na Grande São Paulo. O domingo, 13 de maio, Dia das Mães, será com temperatura amena.

Virada na segunda quinzena

Mas uma forte frente fria é esperada para o começo da segunda quinzena de maio e promete fazer uma revolução atmosférica no Brasil. Esta frente fria deve provocar um pouco de chuva até pelo interior de São Paulo e uma acentuada queda da temperatura. É possível que o sul de SP tenha temperaturas entre 5°C e 10°C. O ar polar deve chegar com força a Grande São Paulo e vai esfria, mas é pouco provável que a temperatura baixe de 10°C nas madrugadas por causa desta massa de frio.

Esta frente fria passará rapidamente e a chuva e o frio duram de 2 a 3 dias. Depois já esquenta e seca novamente. Mas antes do fim de maio teremos outra frente fria forteque deve trazer um pouco mais de chuva e de frio para o estado de São Paulo. Mesmo assim, na média no fim do mês, a previsão é de que maio termine com menos chuva e menos frio do que o normal.


 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *