O Banco Votorantim, um dos cinco maiores bancos privados do Brasil, anunciou a emissão do primeiro título verde de sua história.

O banco pretende usar os recursos dessa questão para financiar ou refinanciar a operação de projetos de energia renovável: sistemas de geração de energia eólica ou fotovoltaica.

A colocação no valor de 250 milhões de reais (50 milhões de dólares) é uma alocação privada a um investidor institucional internacional, com prazo de reembolso de 4 anos.

A primeira certificação de títulos climáticos no Brasil foi realizada pela CPFL Renováveis em 2016. Até março de 2020, havia 24 emissões verdes no Brasil, e essa nova emissão do setor bancário elevou o total acumulado para US $ 5,59 bilhões, de acordo com a Iniciativa Climáticas.

 


 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *