Novo híbrido do tipo plug-in da montadora alemã, entra em pré-venda nas principais concessionárias da marca no país, a partir de agosto, com preço inicial de R$ 435.000.

Como parte das iniciativas de E-Performance, a Porsche lança no Brasil a nova versão do Cayenne E-Hybrid. Um grande sucesso em sua geração anterior, a pré-venda do novo modelo inicia-se em agosto e a expectativa é de ampliar a participação de mercado com a versão eletrificada da marca, a qual oferece o melhor dinamismo de condução em sua categoria com máxima eficiência.

Um motor V6 de três litros (250 kW / 340 cv) foi combinado com um motor elétrico (100 kW / 136 cv) para gerar 340 kW (462 cv) de potência. O torque máximo, de 700 Nm, é disponibilizado logo acima da rotação de marcha lenta. A propulsão híbrida plug-in do Cayenne permite a aceleração de 0 a 100 km/h em 5,0 segundos e uma velocidade máxima de 253 km/h. O novo Cayenne E-Hybrid pode percorrer uma distância de 44 quilômetros e alcançar velocidade de 135 km/h usando apenas eletricidade.

462 cv de potência de sistema com conceito de impulsão adicional do 918 Spyder

A próxima etapa na jornada da Porsche rumo à mobilidade elétrica é o Cayenne E-Hybrid. Enquanto o desempenho do motor a combustão melhorou moderadamente em 5 kW (7 cv) em relação ao do seu antecessor, atingindo 250 kW (340 cv), a performance do motor elétrico agora está mais de 43 por cento maior, com 100 kW (136 cv). Combinados, os dois geram uma potência total de 340 kW (462 cv). A tecnologia Sport Response (Resposta Esportiva), derivada do supercarro 918 Spyder, é um novo acréscimo. Ela permite que o motor elétrico possa ser usado em todos os modos do pacote Sport Chrono de série para um ganho adicional na performance. Isso quer dizer que o máximo torque do sistema está disponível assim que você pressiona o pedal do acelerador. Dependendo da situação de condução e da necessidade de desempenho, o motorista continua a usufruir do torque adicional ao longo de toda a faixa de rotações. Isso leva a uma experiência de direção mais ágil e superior. A duração do impulso adicional e a carga da bateria durante o percurso dependem do modo de condução selecionado. Nos modos voltados a desempenho – Sport e Sport Plus – virtualmente toda a energia da bateria pode ser usada para impulsão. No modo Sport, a bateria é carregada apenas na medida necessária para uma nova ação de impulsão. No modo Sport Plus, a bateria é recarregada o mais rapidamente possível. Os outros modos privilegiam a máxima eficiência de condução.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *