Picos de 9.749 MW e 11.257 MW foram registrados pelo ONS às 22h57 da última segunda-feira (23), ocasionados pela intensificação do sistema de alta pressão sobre a região Sudeste e o sul da Bahia.

A geração eólica instantânea no Nordeste bateu novo recorde na última segunda-feira, 23 de setembro, quando um pico de 9.749 MW, com fator de capacidade de 83%, foi registrado às 22h57, informou o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) em nota. O montante correspondeu a 89% de toda a carga da região naquele momento. O recorde anterior havia ocorrido em 5 de agosto, quando foram produzidos 9.632 MW.

No mesmo horário, a produção eólica instantânea no SIN também atingiu novo recorde, chegando a 11.257 MW. Segundo o Operador, os novos patamares decorrem da intensificação do sistema de alta pressão sobre a região Sudeste e o sul do estado da Bahia, o que proporcionou uma geração mais elevada.


 

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.