Negócios (energia) em 7 perguntas

A máxima demanda conforme o ONS NÃO tem ocorrido no horário oficial da ANEEL, designado de ponta.

  1. Um cliente consumidor de energia empresarial pode/deve investir para deslocar o seu consumo da ponta oficial (ANEEL) para fora de ponta?

  2. O programa de resposta à demanda será oferecido para que horários? Da ponta oficial ou da real?

  3. A duração do horário de ponta seguirá a atual definição oficial de 3 horas? 

  4. A relação das tarifas de ponta e fora de ponta será mantida?

  5. A tarifa branca recentemente lançada permanecerá atrelada aos horários oficiais?

  6. Como seria feita a transição do sistema atual para um novo, consistente com a realidade?

  7. Os ofertantes de soluções devem levar em conta que condição de ponta e fora de ponta para suas futuras ofertas ao mercado?

Ou o Brasil se ajusta à realidade dos fatos ou simplesmente serão incorporados os custos dos erros regulatórios na conta de quem paga pela energia (assim como sempre tem sido). 


Brazil & energy: 7 questions

The maximum national power demand according to the ONS (independent system operator) is NOT occurring during the official on-peak hours as designated by ANEEL (regulator).

  1. How can an energy user invest in order to shift its consumption from the official on-peak to off-peak under these circumstances?

  2. The demand response program will be offered to consumers using which “on-peak” hours?

  3. Will the duration of the on-peak hours be maintained at the current official 3 hour definition? 

  4. Will the ratio on-peak and off-peak rates be maintained? 

  5. Will the newly launched white time of use rates be reviewed? How about the green and blue ones?

  6. How would a transition from the current system to a new (correct) one be established? 

  7. Do solution providers have to take into account which on-peak and off-peak hours?

Either Brazil accepts the reality of the facts and accordingly change regulations or simply the costs of the ongoing errors will continue to be incorporated into the account of those who pay  the bill.


 

Compartilhe:
Rafael Herzberg
Rafael Herzberg é consultor independente para assuntos de energia por mais de 30 anos. Premiado no Brasil e Estados Unidos por cases de eficiência energética, geração on-site e projetos to-the-fence. Palestrante no Brasil e Estados Unidos em eventos de energia. Presta consultoria para clientes consumidores de energia (indústria, comércio e instituições), ofertantes de soluções em energia, concessionárias e comercializadores de energia além de ser convidado para atuar em casos de arbitragem de contratos de energia.
http://pontoon-e.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *