A equipe de secretários do Ministério de Minas e Energia (MME) está completa. A última nomeação foi publicada ontem, 22/1, no Diário Oficial da União (DOU). O Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, escolheu líderes com vasta experiência em suas áreas.

Nomeado Ricardo Cyrino para secretário de Energia Elétrica do MME. Cyrino tem mais de 30 anos de experiência no setor elétrico. Tem formação em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Itajubá, com MBA em Energia pela Escola Politécnica (POLI) da Universidade de São Paulo (USP) e em programas de liderança executiva pela University of Virginia e pela Georgetown University, ambos nos Estados Unidos.

A experiência do executivo foi desenvolvida em empresas como Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL), Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) e AES Brasil (Eletropaulo, Sul, Tietê e Uruguaiana) em áreas de gestão comercial, desenvolvimento de negócios, relações institucionais, assuntos regulatórios para distribuição, geração e comercialização.

Para Secretaria de Geologia, Mineração e Transformação Mineral (SGM) foi nomeado também o Juiz Federal aposentado Alexandre Vidigal de Oliveira, que atuou em Brasília, Mato Grosso, Paraná e Rio Grande do Sul.

Suas atividades no Judiciário estão associadas aos anos dedicados à análise e decisão de questões de alta complexidade no setor público, inclusive no setor energético, de petróleo e mineração, solucionando crises da relação público-privada, predominantemente em temas de direito constitucional, administrativo, tributário e penal.

Alexandre Vidigal é doutor e especialista em temas de compliance, área em que ministra cursos para os setores públicos de controle. Possui larga experiência em temas de gestão pública, licitações, contratos, regulação, fiscalização, controle e políticas públicas.

Leia abaixo os currículos resumidos de cada um deles.

Marisete Dadald Pereirasecretária-executiva, chefiava a Assessoria Econômica da pasta desde 2005. Formada e pós-graduada em Ciências Contábeis, possui pós-graduação em Auditoria e Ciências Econômicas. Trabalhou de 1987 a 2005 na Eletrosul, subsidiária da estatal Eletrobras. Marisete é presidente do Conselho Fiscal da Petrobras, com histórico no Conselho de Administração da Eletronorte e Conselho Fiscal de Furnas.

Especialista em políticas públicas nos setores de energia Elétrica, Petróleo e Gás e de mineração, com foco na elaboração, implementação e avaliação de políticas públicas em nível nacional para o setor de energia elétrica. Perseverante agregadora, com histórico em construção de redes de relacionamentos com entidades nacionais e internacionais para a promoção das políticas públicas dos setores de minas e de energia no Brasil.

Bruno Eustáquio de Carvalhosecretário-executivo adjunto (foto acima), possui o título de doutor em Engenharia Civil pela Universidade de Brasília (UnB) e PhD na área de Sistema e Gestão de Infraestrutura pelo Instituto Superior Técnico da Universidade de Lisboa (IST/UL). Tem mestrados em Engenharia Civil e em Engenharia do Ambiente e Recursos Naturais. É especialista em Inteligência de Futuro e em Avaliação Socioeconômica de Projetos de Infraestrutura. Cursa atualmente outra especialização em Políticas de Infraestrutura.

Servidor efetivo de carreira de analista de infraestrutura, Atuou como diretor e secretário substituto em articulação e políticas públicas nos temas energia, petróleo e gás e mineração na Secretaria Especial do Programa de Parceria de Investimentos da Presidência da República (SPPI/PR), onde também foi diretor da Secretaria de Coordenação de Projetos nos temas de aeroportos e energia elétrica e também assumiu a coordenação da carteira de projetos do PPI e da agenda de licenciamento ambiental.

Márcio Félix, secretário de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, é formado engenheiro eletricista pela Universidade de Brasília (UnB) com especialização em Engenharia de Petróleo pela Universidade Petrobras, MBA em Gestão de Parcerias e Alianças Estratégicas pelo Instituto Europeu de Administração de Empresas – Insead, Márcio Félix possui mais de 35 anos de experiência na indústria de petróleo e gás.

Márcio Félix já havia ocupado o cargo de secretário da SPG entre 2016 e 2018, quando foi convidado a assumir o comando da Secretaria Executiva da pasta, onde permaneceu até dezembro de 2018.

Reive Barros, secretário de Planejamento e Desenvolvimento Energético, é engenheiro eletricista graduado pela Escola Politécnica de Pernambuco. Também é mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), com linha de pesquisa em Gestão de Empreendimentos de Transmissão de Energia Elétrica e Especialista em Administração Estratégica.

O novo secretário consolida 36 anos de experiência profissional, com carreira desenvolvida em grandes empresas do setor elétrico na área de distribuição e transmissão. Antes da nomeação para o MME, esteve à frente da presidência da Empresa de Pesquisa Energética (EPE).

Fonte: ASCOM/MME

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *