Após a forte alta observada no “pregão” do dia 23 de abril, os contratos negociados na BBCE fecharam o dia 24 de abril praticamente estáveis e com fraco volume de negócios.

A exceção ficou por conta dos contratos para entrega de energia em Abril, com alta de +1,9% (R$107,00/MWh), Maio e Junho, que registraram queda de 1,6% (R$190,00/MWh) e 4,0% (R$180,00/MWh), respectivamente.

Alteração da premissa de chuva para a próxima semana derruba a liquidez

A ausência de chuva no mapa dos próximos dez dias, tem sido a principal fator de risco para os preços negociados atualmente no mercado. A queda no volume de negócios é o principal indicativo.

O contrato para entrega em abril registrou boa liquidez no “pregão” do dia 24, tendo negociado 7,3 MW médios (apenas 1 MW médio no dia anterior). O contrato de Maio registrou forte queda, negociando apenas 41,8 MW médios (96,4 MW médios no dia anterior) e o contrato de Junho negociou 20,8 MW médios (16 MW médios).

Abaixo apresentamos a evolução da liquidez diária dos contratos de energia negociados na BBCE e acompanhados pela Pontoon-e.

BBCE: Volume dos Contratos de Energia (MW Médios) Fonte: BBCE & Pontoon-e

No momento o mercado esta reavaliando os preços, assumindo premissas mais restritas de ENA, o que deverá elevar sensivelmente as estimativas de PLD no sub-mercado SE/CO, proporcionando excelentes opções de trade no mercado de energia.

Pontoon-e em breve estará divulgando suas novas projeções e calls

Lembramos que no encerramento do pregão do dia 23 de abril a Pontoon-e decidiu fechar o call de COMPRA do contrato de Maio e do 2o Tri/18, ambos tendo registrado lucro teórico ao longo da última semana significativo:

  • Call 1 | Contrato de Maio: COMPRA  (Lucro Teórico: R$31,50/MWh)
  • Call 2 | Contrato de 2o Tri/18: COMPRA (Lucro Teórico: R$29,00/MWh).

 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *