O ministro do Supremo Tribunal Federal Ricardo Lewandowski tenta hoje tirar mais uma pedra do caminho da venda das distribuidoras da Eletrobrás. Ele recebe a Advocacia-Geral da União e o estado de Alagoas em audiência no STF para resolver um impasse de R$ 1,7 bilhão.

Esse é o valor que o estado pede à União pela Companhia Energética de Alagoas (CEAL). O governo federal, no entanto, colocou a distribuidora à venda por R$ 50 mil.

Alagoas argumenta que deve ser ressarcida pelo preço que valia a companhia 20 anos atrás, quando passou as ações para a União. Quem acompanha as negociações acha difícil sair um acordo da audiência de conciliação proposta pelo ministro do STF. (Juliana Braga)


 

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.