O título deste post reflete uma discussão que está colocada no noticiário especializado de energia.

A capacidade de geração da nossa matriz energética  é o dobro da demanda do pais. Isto para acomodar:

  1. O modesto tamanho dos reservatórios que abastecem as hidrelétricas

  2. A necessidade de térmicas quando os reservatórios estão baixos

  3. Usinas “firmes” para compensar as “intermitentes”  (solar, eólicas)

  4. Os subsídios concedidos a selecionadas fontes

  5. Decisões de despacho de usinas desatreladas ao mérito de custos

  6. Falta de um programa (de fato) de resposta à demanda

  7. Falta de um programa de armazenamento de energia

O resultado, na vida real, é simples e bem conhecido: o preço da energia no Brasil, em USD/kWh é o mais alto entre os BRICS.


7 weaknesses of the Brazilian power mix

The generation capacity of our power matrix is twice the demand of the country. This to accommodate:

  1. The modest size of the reservoirs that supply the hydroelectric plants

  2. The need for thermal plants when the hydro reservoirs are low

  3. “Firm” power plants to compensate for “intermittent” ones (solar, wind)

  4. Subsidies granted to selected sources

  5. Dispatch of power plants unrelated to their cost merit

  6. Lack of a (in fact) demand response program

  7. Lack of an energy storage program

The result in real life is simple and well known: power prices in Brazil are the highest among the BRICS.


 

Compartilhe:
Rafael Herzberg
Rafael Herzberg é consultor independente para assuntos de energia por mais de 30 anos. Premiado no Brasil e Estados Unidos por cases de eficiência energética, geração on-site e projetos to-the-fence. Palestrante no Brasil e Estados Unidos em eventos de energia. Presta consultoria para clientes consumidores de energia (indústria, comércio e instituições), ofertantes de soluções em energia, concessionárias e comercializadores de energia além de ser convidado para atuar em casos de arbitragem de contratos de energia.
http://pontoon-e.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *