MONEY TIMES | Diante dos efeitos no mercado financeiro dos tweets de Donald Trump, o JP Morgan criou índice denominado “Volfefe Index”, para analisar o impacto da comunicação do presidente no mercado de renda fixa dos EUA, em específico na volatilidade implícita dos rendimentos de 2 e 5 anos.

“Isso faz sentido pois muito dos tweets do presidente tiveram como foco o Federal Reserve, e as tensões comerciais são amplamente avaliadas, em primeiro lugar, exercendo impactos na performance econômica de curto prazo, além da reação do Fed às mensagens”, afirmam os analistas do JP Morgan liderados por Savita Subramanian.

Desde a eleição de 2016, o presidente Donald Trump realizou em média 10 tweets por mês a aproximadamente 64 milhões de seguidores, totalizando cerca de 14 mil mensagens, de acordo com à CNBC.

Mensagens e volatilidade

“Mensagens em torno das negociações comerciais e campanha política contribuíram para a volatilidade, da política do Federal Reserve à China, passando pela política de impostos”, afirmou o JP Morgan.

Por fim, os analistas avaliam que as novas tarifas anunciadas em agosto resultam possível diminuição na projeção de crescimento dos lucros da empresa de 2019 e 2020, “quando os impactos indiretos na confiança dos empresários e do consumidor podem ser significativos”.

Por Valter Outeiro da Silveira

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *