Em dezembro as vendas de veículos híbridos e elétricos representaram 1% do total de licenciamentos de automóveis e comerciais leves no Brasil. Segundo a Anfavea foram emplacados 2,4 mil modelos eletrificados – acrescidos modelos flex, gasolina e diesel, o volume chegou a 242 mil unidades.

Em todo o ano a representatividade é menor: 0,4% com 11,9 mil unidades híbridas e elétricas comercializadas para os brasileiros. Ainda Assim é o dobro da participação registrada em 2018, quando cerca de 4 mil unidades vendidas representaram 0,2% do total do segmento.

Foi a partir de setembro que as vendas de híbridos e elétricos começaram a avançar mais rapidamente.  Não por acasoapós lançamento do Toyota Corolla híbrido flex, primeiro automóvel eletrificado produzido no Brasil, em Indaiatuba, SP.  Segundo a companhia pouco mais de 3,3 mil unidades com motorização híbrida foram vendidas até meados de dezembro do ano passado.

Mas a Toyota não veio sozinha: embora ainda por meio de importações, diversas marcas colocaram no mercado opções híbridas ou elétricas, como o Chevrolet Bolt e o Volkswagen Golf GTE.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *