Representatividade da fonte chega a 8,4% de toda energia produzida no Sistema Interligado Nacional – SIN

Dados consolidados do boletim InfoMercado mensal da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE indicam que a geração de energia eólica em operação comercial no país cresceu 15% em 2018. As usinas movidas pela força do vento produziram 5.304,4 MW médios frente aos 4.618,9 MW médios entregues ao Sistema Interligado Nacional – SIN em 2017.

A representatividade da fonte eólica em relação a toda energia gerada no período pelas usinas do Sistema alcançou 8,4%. A fonte hidráulica (incluindo as Pequenas Centrais Hidrelétricas – PCHs) foi responsável por 72,6% do total e as usinas térmicas responderam por 19% incluindo as usinas solares.

Ao final de dezembro, a CCEE contabilizou 570 usinas eólicas em operação comercial no país que somavam 14.541,7 MW em capacidade instalada, número 15,5% superior frente aos 12.589,7 MW de capacidade das 494 unidades geradoras existentes em dezembro de 2017. 

Geração Eólica por Estado

Quando a análise foca na geração por estado, o Rio Grande do Norte segue como maior produtor de energia eólica no país com 1.505,4 MW médios de energia entregues no período analisado. Na sequência, aparecem a Bahia com 1.255,9 MW médios produzidos e o Ceará com 772,3 MW médios. Em quarto lugar aparece o Piauí com 638 MW médios, ultrapassando o Rio Grande do Sul que ficou com 634,1 MW médios.

Ranking Consolidado – 10 maiores
produtores de energia eólica 

Posição

Estado

2018 (MW médios) 

2017 (MW médios)

Diferença

Rio Grande do Norte

1.505,4

1.455,3

+ 3,4%

Bahia

1.255,9

889,9

+ 41,1%

Ceará

772,3

718,6

+ 7,5%

Piauí

638,0

524,1

+ 21,7%

Rio Grande do Sul

634,1

637,4

– 0,5%

Pernambuco

284,4

255,3

+ 11,4%

Maranhão

112,5

62,1

+ 81,1%

Paraíba

64,9

28,6

+ 126,8%

Santa Catarina

19,5

26,7

– 26,7%

10º

Sergipe

9,1

8,4

+ 8,7%

Os dados consolidados da CCEE, ao final de 2018, confirmam ainda o estado do Rio Grande do Norte com a maior capacidade instalada, somando 3.849,8 MW. Em seguida aparece a Bahia com3.550 MW, o Ceará com 2.347,8 MW, o Rio Grande do Sul com 1.777,9 MW e o Piauí com 1.638,1 MW de capacidade.

Ranking – Os 10 maiores estados
em capacidade instalada de energia eólica

Posição

Estado

2018 (MW)

2017 (MW)

Diferença

Rio Grande do Norte

3.849,8

3.548,6

+ 8,5%

Bahia

3.550,0

2.414,9

+ 47%

Ceará

2.347,8

2.134,9

+ 10%

Rio Grande do Sul

1.777,9

1.777,9

0%

Piauí

1.638,1

1.443,1

+ 13,5%

Pernambuco

597,3

597,3

0%

Maranhão

328,8

220,8

+ 48,9%

Santa Catarina

224,1

224,1

0%

Paraíba

154,0

154,0

0%

10º

Sergipe

34,5

34,5

0%


Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *