Acordo com a Techint Engenharia e Construção e Eneva prevê a mudança da configuração da 00de ciclo-simples para ciclo-combinado e salto potencial em eficiência na geração de energia de aproximadamente 20%

A GE Power, negócio que fornece produtos e serviços inovadores para o setor de geração de energia, assinou contrato estimado em U$ 100 milhões (cerca de 400 milhões de Reais) com a construtora Techint para o fornecimento de equipamentos para a usina Parnaíba V, no Maranhão.

“O acordo prevê o fechamento de ciclo da Usina Parnaíba I, com mudança da configuração da planta de ciclo-simples para o ciclo-combinado, constituindo a Usina Parnaíba V, que vai adicionar 385MW à capacidade de geração do parque termelétrico da Eneva (foto acima) no interior do Maranhão.  Trata-se de um projeto de eficiência energética, uma vez que o aumento da capacidade não consumirá nenhuma molécula adicional de gás”, afirma Rafael Coitinho, gerente de engenharia da Eneva.

Segundo Daniel Meniuk, líder da GE Power para a América Latina, o fechamento de ciclo irá melhorar a eficiência da usina de Parnaíba I para até 58%. “A nova configuração da usina também poderá permitir a redução de emissões, quando comparadas ao modelo atual, graças ao potencial aumento da eficiência na geração da energia”, destaca.

Para a mudança na configuração da usina, a GE irá fornecer uma turbina a vapor modelo STF-D600, quatro caldeiras de recuperação de calor, um condensador e válvulas. A entrega dos equipamentos está planejada para o primeiro trimestre de 2021 e a instalação deve ser finalizada em setembro de 2022.

“O projeto é de extrema importância para o país, uma vez que ao elevar a eficiência da planta em até 20 pontos percentuais. A expectativa é que mais usinas termelétricas sejam contratadas nos próximos anos, acompanhando o crescimento das renováveis, e o gás natural representa a fonte confiável de energia para oferecer segurança e estabilidade à rede, em paralelo com fontes intermitentes”, destaca Daniel Meniuk.

A ampliação da UTE Parnaíba I reforça a posição da GE no maior projeto de energia independente privado do Brasil, com quase 2 GW de capacidade instalada de geração de gás natural operando com sete turbinas a gás de classe F da GE. O Complexo Parnaíba (foto acima), da Eneva, é um dos maiores parques térmicos de geração de energia a gás natural do país, sendo o primeiro empreendimento reservoir-to-wire (R2W). Com 1,4 GW de capacidade instalada, a geração do Complexo representa 11% da capacidade de geração térmica a gás do Brasil.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *