Como já fizeram outras fabricantes, a FCA vai começar este ano a importar veículos eletrificados para o Brasil, aproveitando a onda global de eletrificação que toma conta do setor automotivo nos últimos anos. Filosa confirmou que o primeiro carro elétrico da empresa no País chega ainda este ano, no segundo semestre, e muito provavelmente será a versão a bateria do Fiat 500, lançada recentemente na Europa.

Depois, em 2021, a intenção é importar modelos Jeep híbridos plug-in, que têm autonomia limitada a menos de 70 km em modo elétrico e podem ter a bateria recarregada na tomada ou pelo motor a combustão.

Segundo Filosa, no momento não há planos de produção nacional para modelos eletrificados, nem mesmo de adaptar o motor a combustão dos híbridos para funcional com etanol ou gasolina, como fez a Toyota com a versão híbrida flex do Corolla. “Não é complicado fazer isso, poderemos fazer no futuro, mas esse será um segundo passo. Primeiro vamos importar só versões a gasolina e depois, conforme a demanda, vamos evoluindo com as opções”, diz.


 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *