Após adquirir duas novas empresas e assumir grandes desafios, Equatorial se mantém no ranking entre as melhores do país para trabalhar. A exemplo da Celpa (no Pará), pelo 4º ano consecutivo e Cemar (no Maranhão), pelo 9º ano consecutivo.

A Equatorial Energia teve duas de suas empresas consagradas durante a premiação “Melhores Empresas para Trabalhar no Brasil, segundo a Great Place to Work® (GPTW) – Edição 2019”. O resultado foi anunciado na segunda-feira, 12, no espaço das Américas, em São Paulo que ranqueou, entre 150 organizações, a Companhia Energética do Maranhão (Cemar), como a 33ª melhor empresa, e a Centrais Elétricas do Pará (Celpa), como a 62ª.

As duas companhias são exemplos na gestão de pessoas e na maneira de construir um ambiente corporativo de excelência, nas regiões onde atuam e no Brasil. A Cemar está no ranking pela 9ª vez consecutiva e a Celpa pela 4ª vez consecutiva.

Para a Diretora Corporativa de Gente e Gestão do Grupo Equatorial, Carla Medrado, continuar neste ranking se dá, em especial, pela relação de confiança, respeito e transparência com as pessoas, além do consolidado Modelo de Gestão e diferenciadas práticas de Gestão de Pessoas, que são traços marcantes do nosso grupo.

“É desafiador avançar com novas e importantes aquisições e manter a engrenagem rodando. A premiação confirma mais uma vez a eficácia do nosso modelo de gestão e o compromisso de construir resultados sustentáveis em um ambiente de trabalho cada vez melhor. Isto é motivo de muito orgulho para todos nós”, afirma o presidente da Equatorial Energia Augusto Miranda que conduziu recentemente a aquisição de mais duas distribuidoras de energia elétrica, desta vez nos estados de Alagoas e Piauí.

SOBRE A EQUATORIAL ENERGIA

A Equatorial Energia é uma holding com atuação no setor elétrico brasileiro, nos segmentos de i) distribuição, através da CEMAR, da CELPA e recentemente da Equatorial Piauí e Alagoas, ii) transmissão, tendo vencido 8 lotes que cobrem os estados do Pará, Piauí, Bahia e Minas Gerais e com 51% de participação na Intesa, iii) geração através da Termoelétrica Geramar, iv) comercialização através da Sol Energias, e v) serviços através da 55 Soluções, empresa com expertise no ramo de utilities e telecomunicações, focada em soluções especializadas e diversificadas.

No Maranhão, a Equatorial Energia controla a CEMAR (Companhia Energética do Maranhão), única concessionária de distribuição de energia elétrica no estado, que possui área de atuação de 332 mil km² – cerca de 3,9% do território brasileiro, sendo a 2ª maior distribuidora do Nordeste Equatorial Energia S/A www.equatoriaenergia.com.br do Brasil em termos de área de concessão. A CEMAR possui 2,4 milhões de clientes, atendendo a cerca de 7 milhões de habitantes – ou 3,37% da população do Brasil.

No Pará, a Equatorial Energia controla a CELPA (Centrais Elétricas do Pará) desde novembro de 2012, também única concessionária de distribuição de energia elétrica do estado, que possui área de atuação de 1.248 mil km², cerca de 14,7% do território brasileiro. A CELPA possui 2,4 milhões de clientes, atendendo a cerca de 8,2 milhões de habitantes – ou 4,0% da população do Brasil.

O segmento de transmissão, cujos empreendimentos estão em fase de implementação, a Companhia arrematou um total de 8 projetos de construção e operação de linhas de transmissão e subestações em 2 leilões de novos empreendimentos organizados pela ANEEL. O investimento total estimado pela ANEEL é de R$ 4,6 bilhões e a entrada em operação dos empreendimentos prevista no cronograma da ANEEL é para 2022. A RAP (Receita Anual Permitida) do total dos lotes arrematados pela Companhia soma R$ 907 milhões, em valores de junho de 2018.

Sobre a GPTW®

Das 150 finalistas, as empresas foram divididas em três categorias: Grandes, com 80 empresas que têm mil funcionários ou mais; Médias Multinacionais, com 35 organizações que possuem entre 100 e 999 empregados, e Médias Nacionais, também um total de 35 empresas com número de funcionários entre 100 e 999.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *