A Equatorial Energia acertou contratos de financiamento para três de seus projetos de transmissão junto ao Banco do Nordeste do Brasil (BNB), no valor de R$ 1,121 bilhão. Conforme comunicado divulgado pela companhia nesta quarta-feira, 27, os financiamentos serão direcionados para suas controladas Equatorial Transmissora 1 SPE, Equatorial Transmissora 2 SPE e Equatorial Transmissora 3 SPE, responsáveis pelo desenvolvimento, construção e operação dos lotes 8, 9 e 12 da 2ª Etapa do Leilão de Transmissão nº 013/2015, realizada em outubro de 2016, correspondente ao bloco 2 de investimentos de transmissão da companhia.
Os recursos serão provenientes do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) e correspondem a “pouco mais de 70%” do investimento previsto pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para estes lotes. A operação terá prazo total de 20 anos.Os empreendimentos que compõem estes lotes estão localizados entre os estados da Bahia e do Piauí, somam 844 quilômetros de linhas de transmissão e tem investimento total estimado pela agência reguladora em R$ 1,528 bilhão. As linhas devem entrar em operação até 2022.

A partir de então deverão gerar Receita Anual Permitida (RAP) de R$ 264 milhões. Em abril, os projetos obtiveram Licença Prévia do Ibama.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *