Uma das questões mais intrigantes com a qual sempre me defronto quando estou tratando com um cliente é sobre os ritos decisórios envolvendo contratação e uso eficiente de energia.

  • O que é um resultado atrativo ?

  • Quem decide ?

  • Quais as condicionantes envolvidas ?

  • O projeto em questão se alinha com a estratégia “geral”?

Geralmente no Brasil, as decisões só são feitas por um diretor. Mesmo que os investimentos eventualmente necessários sejam diminutos ou menos nulos.

Trata-se de nosso perfil cultural. Técnicos e gerentes “terceirizam” tudo. Até mesmo as decisões!  Poucos são os colaboradores que conheci que estudam o assunto, internalizam conhecimento e se preparam para escolher por comparação entre um rol de alternativas.

Talvez isto explique também o motivo pelo qual há tantas oportunidades não capturadas.


Energy in Brazil: outsourcing decisions ?

One of the most intriguing issues that I always face when dealing with a client is about decision-making rites involving energy contracting and its efficient use.
  • What is an attractive result ?

  • Who decides ?

  • What are the constraints involved ?

  • Does the project in question is consistent with the overall strategy ?

Usually in Brazil, decisions are only made by a upper manager or VP. Even if the required investments that negligible.

This is our cultural profile. Technicians and lower managers “outsource” everything. Even the decisions! Few are the ones I met who study the subject, internalize knowledge, and prepare to choose by comparing alternatives.

Perhaps this also explains why there are so many untapped opportunities.


Compartilhe:
Rafael Herzberg
Rafael Herzberg é consultor independente para assuntos de energia por mais de 30 anos. Premiado no Brasil e Estados Unidos por cases de eficiência energética, geração on-site e projetos to-the-fence. Palestrante no Brasil e Estados Unidos em eventos de energia. Presta consultoria para clientes consumidores de energia (indústria, comércio e instituições), ofertantes de soluções em energia, concessionárias e comercializadores de energia além de ser convidado para atuar em casos de arbitragem de contratos de energia.
http://pontoon-e.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *